Grupo de Benchmarking de TI 2014 / 2015 - Ano 7

6,841 views
6,577 views

Published on

Convite para o Grupo de Benchmarking de TI, orquestrado junto às principais empresas brasileiras, desde 2001.

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,841
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16
Actions
Shares
0
Downloads
154
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Grupo de Benchmarking de TI 2014 / 2015 - Ano 7

  1. 1. Benchmarkingde TI 2014 1 Benchmarking de Práticas e Processos de TI – 2014 / 2015 Ano 7 Convite
  2. 2. Benchmarkingde TI 2014 2 Índice  Benchmarking de TI 2014  Histórico  Organização  Ciclos  Agenda e Resultados  O papel da Consultoria  Investimento para o ciclo 2014 / 2015  Recomendam o Grupo  Benchmarking - Conceitos  Conceitos  Importancia  Benefícios  Metodologia  Benchmarking de TI - Exemplos
  3. 3. Benchmarkingde TI 2014 3 Benchmarking de TI 2014 / 2015
  4. 4. Benchmarkingde TI 2014 4 Histórico O Grupo de Benchmarking de Práticas e Processos de TI formou-se em 2000, a partir de uma iniciativa liderada pela MBR (hoje VALE), tendo como parceiros a USIMINAS, ALCOA e Andrade Gutierrez. A partir de então foram realizadas novas rodadas em 2003, 2005, 2007, 2009 e 2011. Ao longo destes anos já passaram pelo grupo as seguintes empresas: • ACINDAR (AR) • ALCOA • ALL • ANDRADE GUTIERREZ • ANGLO GOLD ASHANTI • ARACRUZ • ARCELLORMITTAL • CAMARGO CORRÊA • CARBOCLORO • CCEE • CEMIG • CENIBRA • NET • NOVELIS • RIPASA • SAMARCO • SIEMENS • SUZANO • USIMINAS • V&M DO BRASIL • VERACEL • VILLARESMETALS • VOITH • VOTORANTIM • CMPC Celulose • BEMIS - DIXIE TOGA • FOSFERTIL • GERDAU • KLABIN • KIMBERLY-CLARK • KINROSS • MAGNESITA • MAKRO • MBR • MRS LOGÍSTICA
  5. 5. Benchmarkingde TI 2014 5 Histórico - Empresas Participantes em 2011 • ARCELOR MITTAL • CARBOCLORO • CEMIG • CENIBRA • CMPC Celulose Riograndense • BEMIS - DIXIE TOGA • KLABIN • KIMBERLY-CLARK • KINROSS • LOCALIZA • MAKRO • MRS Logística • SAMARCO • SIEMENS • SUZANO • USIMINAS • V&M • VERACEL • VOITH
  6. 6. Benchmarkingde TI 2014 6 Organização  O Benchmarking de Práticas e Processos de TI não é uma pesquisa ocasional. É um projeto conduzido e customizado junto a um grupo fechado de empresas.  Segue uma agenda anual, com Reuniões Trimestrais e um Workshop anual.  Cada reunião aborda um Tema escolhido pelo grupo de empresas a partir dos GAPS observados na Matriz de Maturidade e consolida uma pesquisa sobre o mesmo.  O custo é distribuído entre as empresas através de cotas parceladas.  Organiza-se sob o Código de Conduta da FNQ (Fundação do Prêmio Nacional da Qualidade) e define regras de participação.  Cada empresa conhece exatamente os referenciais comparativos de seus pares do Grupo. Os resultados são explícitos. As empresas não se comparam somente com uma média.  É totalmente customizado. Adapta-se às necessidades do conjunto de empresas e atualiza-se a cada rodada, incorporando o que é novo e abandonando o que já não agrega.  Não se limita apenas à coleta e consolidação de Indicadores e Índices, também detalhando, entre outros: • Processos e Práticas. • Tendências de Gestão e Tecnologias. • Ferramentas de Gestão e Tecnologias utilizadas. • Organização – Estruturas, Quadros e Práticas de Terceirização .  As empresas recebem todos os resultados em meio eletrônico, organizados em planilhas e gráficos, possibilitando que façam um completo e irrestrito uso em seus estudos internos.  A qualquer momento as empresas participantes podem lançar ao fórum do Grupo consultas e pesquisas de seu interesse.
  7. 7. Benchmarkingde TI 2014 7 Organização - Ciclos Consultas Pontuais, solicitadas pelas empresas do Grupo a qualquer momento. Benchmarking Anual Reuniões Temáticas Trimestrais Estudos de Práticas e Processos Pesquisas de natureza particularizada , solicitadas pelas empresas do Grupo a qualquer momento. Benchmarking de Processos Pesquisas Consultas Ações Pontuais BENCHMARKING Duração - 1 a 2 semanas Duração - 1 semana Duração -12 meses A qualquer as empresas podem solicitar a qualquer momento consultas e pesquisas de seu interesse e participar daquelas lançadas pelas demais empresas. Melhorar Planejar Coletar Publicar Analisar Adaptar
  8. 8. Benchmarkingde TI 2014 8 Agenda e Resultados  O principais focos do ciclo 2014/2015 serão PRODUTIVIDADE, INOVAÇÃO e TENDÊNCIAS, conforme temos realizado com outros Grupos.  O ponto de partida será um Estudo baseado numa Matriz de Maturidade.  Agenda ao longo de 12 meses – Agosto de 2014 a Julho de 2015. As Reuniões e Workshops serão realizadas preferencialmente em São Paulo (Capital) em locais a serem ainda designados.  4 Reuniões Temáticas – Setembro / Novembro / Março / Junho  As Reuniões Trimestrais são focadas em TEMAS escolhidos conforme interesse do Grupo, orientados pelos principais GAPS obervados no Estudo da Matriz de Maturidade a ser apurada.  Para cada TEMA será realizado uma Pesquisa de Benchmarking específica, cujos resultados serão apresentados nas Reuniões.  Também serão apresentados CASES com as práticas das empresas do Grupo e de mercado no TEMA abordado.  Será conduzida uma MESA REDONDA sobre as práticas das empresas do Grupo no TEMA.  Cada reunião é fechada com a publicação de um Sumário Executivo sobre o TEMA..  1 Workshop de Fechamento - Agosto de 2015.  Ainda em julho/2014 será encaminhada a Coleta de Indicadores de TI com foco em PRODUTIVIDADE, INOVAÇÃO e TENDÊNCIAS, para início de preenchimento pelas empresas.  Também em julho/2014 será encaminhado questionário da Matriz de Maturidade para início de preenchimento pelas empresas.  Em novembro/2014 será lançada a 5ª. Pesquisa de Satisfação relativa aos Serviços de TI. Os resultados consolidados serão apresentados na reunião de março/2015. Para as empresas que já participaram do Grupo a principal novidade diz respeito à grande simplificação do Caderno de Coleta de Indicadores, o qual abrangerá somente os dados essenciais voltados a PRODUTIVIDADE, INOVAÇÃO e TENDÊNCIAS, e outros seguindo o modelo do GARTNER, tais como : Custos da TI, Quantitativos e Perfil das equipes, Indicadores de Serviços da TI, entre outros. As questões de forte interesse do Grupo, percebidas através dos resultados da MATRIZ DE MATURIDADE serão tratadas em Pesquisas de Benchmarking de Temas Específicos organizadas antes de cada Reunião Temática Trimestral, ocasiões em que os resultados consolidados serão apresentados. Poderá, inclusive, ser tratado mais de assunto por reunião, se necessário. Com isso, diluímos o trabalho das empresas ao longo do ano e poderemos focar em assuntos mais específicos e atuais, tornando as Reuniões e Workshops ainda mais produtivas e interessantes.
  9. 9. Benchmarkingde TI 2014 9 Resultados - Matriz de Maturidade A Camanho & Consultores desenvolveu junto a outros Grupos de Benchmarking um modelo de Matriz de Maturidade com diversas Dimensões de Gestão. As empresas se auto-avaliam (AS IS e TO BE) e, a partir daí, as reuniões são direcionadas para as dimensões que apresentarem os maiores GAPS, com uma agenda pré-definida. Abaixo apresentamos um exemplo produzido no Grupo de Benchmarking de Suprimentos. 1 - ESTRATÉGIA 1.1 - Visão e Estratégia 1.2 - Liderança de Suprimentos 1.3 - Planejamento e Padronização de Compras 1.4 - Análise de Gastos e Estratégia de Categoria 2 - PROCESSOS 2.1 - Planejamento da Demanda 2.2 -Processo de Compras 2.3 - Gestão de Estoques 2.4 - Contratos e Gestão de Fornecedores 3 - ORGANIZAÇÃO 4 - PESSOAS 5 - SISTEMAS E TECNOLOGIA Tópico de Avaliação Exemplo
  10. 10. Benchmarkingde TI 2014 10 Portal do Grupo www.benchti.com.br
  11. 11. Benchmarkingde TI 2014 11 O Papel da Consultoria  Provê toda a orquestração do Grupo.  Organiza todos os eventos do Grupo (Reuniões Temáticas e Workshop) – Calendários / Agendas / Pesquisas / Pautas / Atas / Apresentações.  Prepara e disponibiliza todo material de apoio e mídias digitais com Relatórios Executivos, Estudos e Apresentações.  Elabora, coleta e apura a Matriz de Maturidade.  Elabora, coleta e apura o Caderno de Coleta de Indicadores envolvendo comparações de processos e KPIs traduzidos e tabelas e gráficos.  Elabora, coleta e apura a Pesquisa Integrada de “Satisfação com a TI”.  Coordena a escolha dos TEMAS de interesse do Grupo para estruturação das 4 Reuniões Trimestrais e Workshops Semestrais.  Busca, em conjunto com o grupo, práticas diferenciadas relativas aos TEMAS escolhidos para apresentação nas Reuniões e Workshops.  Coordena e elabora as Pesquisas dos TEMAS específicos, procede a consolidação dos resultados e a apresentação nas Reuniões.  Documenta e publica os Sumários Executivos contendo as iniciativas das empresas do Grupo com relação aos TEMAS e as Melhores Práticas identificadas nas reuniões.  Coordena e elabora a qualquer momento pesquisas e consultas “pontuais” de interesse do grupo, procede a consolidação dos resultados e envia aos parceiros.  Conduz a dinâmica e atua como moderador nos Workshops e Reuniões Técnicas.  Disponibiliza e mantém o conteúdo do Portal de Comunicação do Grupo - http://www.benchti.com.br/home.asp, organizando e divulgando as agendas, pautas e resultados do Workshop e Reuniões Técnicas.
  12. 12. Benchmarkingde TI 2014 12 Investimento  Preço fechado anual de R$ 24.000,00 (Vinte e quatro mil Reais) por empresa, inclusos todos os impostos.  Este valor será faturado em 4 parcelas trimestrais de R$ 6.000,00 (Seis mil Reais).  Os custos previstos para as viagens e estadias dos consultores para todas as Reuniões e Workshop serão de responsabilidade da consultoria, já estando incluídos no valor anual. Mantido o custo de 2011
  13. 13. Benchmarkingde TI 2014 13 Recomendam o Grupo  ARCELOR MITTAL - Gerson Luís Caetano da Silva - Shared Service - 31 8751-3879 - gerson.caetano@arcelormittal.com.br  BEMIS / DIXIE TOGA - Irineu Trovarelli Jr – LATAM / Manager, Customer Service & Infrastructure - 11 2928-9554 - Irineu.trovarelli@bemis.com  CENIBRA - Miguel Ângelo Antunes Luz - Coordenador de Infraestrutura e Telecom - 31 3829-5253 - miguel.antunes@cenibra.com.br  CMPC / CELULOSE RIOGRANDENSE - Carlos Cesar Almeida - CIO - 51 2139-7141 - ccca@cmpcrs.com.br  LOCALIZA - Breno Cerqueira - Gerente de Desenvolvimento - 31 3247-7952 - breno.cerqueira@localiza.com  SAMARCO - Guilherme Almeida Tângari - Gestão da Informação - 28 3361-9208 - gtangari@samarco.com  VALLOUREC – Newton Romero - Ger. Planejamento e Gestão de TI - 31 3328-2301 - newton.romero@vmtubes.com.br  VERACEL- Glaubber Piovezan Xavier - Coordenador de Sistemas - 73 3166-8230- glaubber.Xavier@veracel.com.br Consulte
  14. 14. Benchmarkingde TI 2014 14 Benchmarking Conceitos
  15. 15. Benchmarkingde TI 2014 15 Conceitos Ao pensarmos em Benchmarking devemos ter em mente as seguintes palavras-chave  Colaboração - Grupo Colaborativo de Empresas – Ação conjunta de Empresas - Networking  Troca de Informações – Elaboração de Análises Conjuntas – Troca de Melhores Práticas  Referenciais comparativos – Comparativos de Indicadores - Cockpits de Indicadores  Estudos Conjuntos de Práticas e Processos  Desenvolvimento colaborativo de práticas e ferramentas de gestão  Ciclo permanente de Pesquisas e Consultas  Visitas Técnicas – Consultas e Pesquisas conjuntas  Respeito à ética concorrencial
  16. 16. Benchmarkingde TI 2014 16 Importância Desde 1993 a consultoria internacional Bain & Company conduz a pesquisa “Management Tools and Trends” em mais de 70 países na América do Norte, Europa, Ásia, África, Oriente Médio e América Latina. Sua última rodada (14ª) , em 2012/2013, envolveu mais de 1208 executivos globais. Benchmarking Entre as 5 ferramentas mais estratégicas Management Tools and Trends 2009
  17. 17. Benchmarkingde TI 2014 17 Importância Benchmarking é valorizado pelo suporte à aferição e acompanhamento de referenciais competitivos, além do fator transparência Desde 2004 a Fundação para o Prêmio Nacional da Qualidade – FNQ reconhece o Benchmarking como ferramenta fundamental para o bom desempenho empresarial, incentivando a sua utilização. O principal fator de incentivo que o PNQ traz à prática do Benchmarking é o fato de que a manutenção formal de indicadores corporativos influencia fortemente os pontos considerados para a certificação. Não por acaso, a maioria dos ganhadores e finalistas do PNQ são empresas que têm na prática contínua do Benchmarking uma de suas ferramentas de gestão.
  18. 18. Benchmarkingde TI 2014 18 Benefícios Os processos de Benchmarking despertam a consciência para o mundo exterior. A velocidade do avanço tecnológico faz com que seja cada vez menor o tempo de desenvolvimento de produtos e serviços. Empresas já não podem mais se dar ao luxo da endogamia, dependendo somente dos próprios recursos intelectuais para a sua sobrevivência. É necessário olhar para fora e aprender com as melhores práticas de outras empresas a fim de manter-se competitivo. O Benchmarking fornece o modelo comportamental para que cada organização aceite as mudanças e a melhoria contínua como estilo de vida, e não apenas como algo inusitado de que se lança mão para enfrentar condições de mercado adversas. Sua prática contínua traz alguns benefícios evidentes e diretos:  OBTER REFERÊNCIA E POSICIONAMENTO COMPETITIVO.  ENCONTRAR NOVAS IDÉIAS.  CRIAR NETWORKING.  APRENDER JUNTO.  NÃO REINVENTAR A RODA.
  19. 19. Benchmarkingde TI 2014 19 Benefícios  Certificação PNQ (Prêmio Nacional da Qualidade) - Garante o atendimento a pré-requisito obrigatório.  Governança Corporativa – Traz transparência à gestão.  Vantagens Estratégicas – Ajuda as empresas a focar nos principais diferenciais competitivos para ampliar suas vantagens estratégicas.  Novas ferramentas de gestão e de tecnologia - Reduz os riscos de erros na seleção e adoção. Identifica e utiliza as tendências de mercado em áreas relevantes do negócio.  Consultorias - Reduz a demanda de consultorias e, consequentemente, de custos.  Justificativas de Investimentos - Subsidia Planejamentos, Orçamentos e Estudos. Orienta a empresa no processo de seleção e priorização dos projetos e metas de melhoria e dos recursos a serem alocados.  Gestão Empresarial - Aperfeiçoa por meio do aprendizado contínuo.  Performance – Identifica métodos de melhoria da eficiência operacional e do desenvolvimento de produtos.  Posicionamento de Custos – Demonstra o posicionamento relativo de custos e identifica oportunidades de melhoria.  Aprendizado Organizacional – Traz novas idéias para a empresa e facilita a troca de experiências.
  20. 20. Benchmarkingde TI 2014 20 Vantagem Competitiva Inovação Metodologia A dinâmica de Benchmarking Estruturado incorpora modernos conceitos relativos a Processos Colaborativos Integrados. Inteligência Coletiva
  21. 21. Benchmarkingde TI 2014 21 Metodologia Diferentes Atores (Pessoas, Grupos, Empresas) devem estabelecer “Processos Colaborativos” fora de suas rotinas usuais, organizando uma Arena (Processo Colaborativo – Benchmarking, por exemplo) e obtendo Prêmios (Resultados) pela participação. Além da essencial interação pessoal (Reuniões Plenárias, Workshops, Visitas Técnicas), incorpora a adoção de recursos tecnológicos, tais como: Fóruns Virtuais, Portais Colaborativos, Redes Sociais, Troca Eletrônica de Informação, etc. Processo Colaborativo Integrado Processo Colaborativo ATORES Pessoas – Grupos - Empresas ARENA Ambiente Colaborativo PRÊMIO INFORMAÇÕES NOVAS IDÉIAS
  22. 22. Benchmarkingde TI 2014 22 Benchmarking de TI Exemplos
  23. 23. Benchmarkingde TI 2014 23 Usando o Benchmarking de TI Dados do Benchmarking Análise Alinhamento da TI com o Negócio Forças Fraquezas  A estrutura de TI está subordinada diretamente à Presidência, o que demonstra a sua importância para o negócio.  Criação de uma Diretoria e de um Comitê de TI com atribuições de aprovar a estratégia da TI, acompanhar o orçamento e priorizar projetos, entre outras.  As metas de TI não estão diretamente associadas às estratégias empresariais, na medida em que a área não é envolvida de forma adequada no Planejamento Estratégico do Negócio.  TI não passa uma percepção de conhecimento do negócio para a direção.  Direção percebe um distanciamento entre a dinâmica do negócio e a resposta da TI.  São tímidas as iniciativas voltadas à Inovação suportadas por TI. SWOT Responsável Datade início Prevista(mm/aa) (Who ?) (Whem ?) Aprimorar aatual Metodologiade Planejamento e Orçamentação de TI Implantar um modelo de Planejamento e Orçamentação de TI baseado no alinhamento com as diretrizes e necessidades do negócio, bem como com Definir arquiteturas alvo para nortear utilização de tecnologias no Implantar processo de Levantamento de Demandas baseado na interação Implantar método formal de Priorização de Demandas e Projetos. Formalizar um Portfólio Anual de Projetos de TI. Estabelecer uma sistemática de aprovação e acompanhamento do Projeto (What ?) Duração Prevista (mm) Plano de Ações 75,0% 62,5% 62,5% 62,5% 56,3% 40,0% 37,5% 31,3% 31,3% 31,3% 25,0% 25,0% 18,8% 12,5% 6,3% 6,3% 6,3% 12,5% 37,5% 31,3% 12,5% 37,5% 40,0% 18,8% 37,5% 31,3% 31,3% 12,5% 31,3% 18,8% 68,8% 56,3% 37,5% 31,3% 6,3% 12,5% 6,3% 12,5% 6,7% 18,8% 18,8% 25,0% 12,5% 18,8% 6,3% 12,5% 31,3% 6,3% 25,0% 6,3% 12,5% 6,3% 13,3% 25,0% 12,5% 12,5% 25,0% 37,5% 18,8% 18,8% 18,8% 12,5% 6,3% 25,0% 37,5% 50,0% 43,8% 68,8% 6,3% 31,3% 18,8% 43,8% 18,8% 18,8% 25,0% 31,3% 25,0% 6,3% 6,3% 6,3% 25,0% 25,0% 6,3% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Benchmarking de Práticas de TI Alinhamento Corporativo da TI Gerenciamento de Ativos de TI Gerenciamento de Projetos Planejamento Estratégico de TI Gestão de Mudanças Plano de Continuidade de Serviços de TI Governança de TI Processos de TI mapeados Gestão de Riscos de TI Gestão da Informação SARBOX - Certificação da TI Charge Back de TI ISO 9000 na TI Gestão de Rotina (Seis Sigma,PDCA,etc) Gestão de Serviços de TI baseada em ITIL Balanced Scorecard de TI Gestão de Processos de TI baseada em COBIT COSO / ERM BS 15000 ISO 20000 UT - Utilização Total UP - Utilização Parcial 12M - Irá adotar nos próximos 12 Meses PU - Pretende Utilizar Futuramente NU - Não pretende Utilizar NA - Não se Aplica Pratica Em desenvolvimento Não Pratica Posicionamento Empresa X A partir de análises do Benchmarking é possível obter um bom balizamento para apoio ao Planejamento de TI e seus Orçamentos, referenciado pelas reais práticas de mercado.
  24. 24. Benchmarkingde TI 2014 24 Estratégia de Gastos Grupo de Benchmarking GARTNER Group
  25. 25. Benchmarkingde TI 2014 25 Custos Operacionais e Investimentos de TI Média do Grupo 2.3 - Comparativo de Estratégia de Consumo de Gastos (CAPEX + OPEX) X Consumo de RH - % aproximado com cada tipo de domínio de TI - 2010 Gartner 2,7% 4,9% 7,2% 8,0% 25,4% 25,3% 15,2% 19,2% 4,7% 11,3% 9,9% 3,9% 11,5% 4,0% 11,3% 11,8% 12,1% 11,5% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% % dos Gastos % da Equipe Controles Internos TI Gestão de TI Suporte a Aplicações Desenv Aplicações Help Desk Rede de Voz Rede de Dados Desktops & Periféricos DATA CENTER 2,0% 4,0% 5,0% 7,0% 16,0% 18,0% 20,0% 23,0% 5,0% 8,0% 7,0% 4,0% 10,0% 6,0% 13,0% 11,0% 22,0% 19,0% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% % dos Gastos % da Equipe Controles Internos TI Gestão de TI Suporte a Aplicações Desenv Aplicações Help Desk Rede de Voz Rede de Dados Desktops & Periféricos DATA CENTER
  26. 26. Benchmarkingde TI 2014 26 Custos Operacionais e Investimentos de TI
  27. 27. Benchmarkingde TI 2014 27 Custos Total de TI / Faturamento
  28. 28. Benchmarkingde TI 2014 28 Custos Total de TI / Usuários R$ mil
  29. 29. Benchmarkingde TI 2014 29 Custos Total de TI / Teclado R$ mil
  30. 30. Benchmarkingde TI 2014 30 Exemplo - Organogramas Tecnologia e Telecomunicações (FIT) Sistemas Corporativos (FIC) Planejamento e Gestão (FIG) Segurança da Informação Desenvolvimento de Softwares (FID) 30 0 0 3 1 0 1 0 0 7 1 0 9 0 11 8 0 66 Superintendência de Tecnologia da Informação VP Brasil, México, Chile e Argentina Diretor Financeiro (CFO) Gerência TI (CIO) Gerência Controladoria Gerência Contabilidade Gerência Financeiro Gerência Jurídico Gerência Compliance Gerência Marketing e Planejamento Diretor de RH Diretores de Divisão (4) TI no Corporativo TI detalhada
  31. 31. Benchmarkingde TI 2014 31 Gerenciamento dos RH de TI
  32. 32. Benchmarkingde TI 2014 32 Focos dos CIOs – Top Ten
  33. 33. Benchmarkingde TI 2014 33 Rua Raul Pompéia, 77 – Cj. 501 São Pedro - 30330-080 – Belo Horizonte – MG TELEFAX (31) 3281-9020 CELULAR (31) 9136-6997 camanho@camanho.com.br www.camanho.com.br

×