Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Doc 9   errata do eia - 30.08.2012 - parte 3[1]
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Doc 9 errata do eia - 30.08.2012 - parte 3[1]

  • 251 views
Published

Errata do Relatorio do IBAMA SOBRE O PORTO SUL DE AGOSTO DE 2012.

Errata do Relatorio do IBAMA SOBRE O PORTO SUL DE AGOSTO DE 2012.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
251
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. APÊNDICE C – DADOS PRIMÁRIOS, MÉTODO E FERRAMENTAS UTILIZADAS
  • 2. APÊNDICE C.1 – QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES E FICHAS DE CAMPO
  • 3. QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES DE CAMPO - FEVEREIRO Número de PescadoresMês Dia Área Comunidades visitadas Atividades Desenvolvidas consultados 9 Estuário e Marinha Sambaituba -Viagem de Ida; - Aritaguá -Reconhecimento de 1 Xoxa, Jóia do Atlântico campo; 1 Adélio Paraíso do Atlântico -Estabelecimento de 1 Angelito Ponta da Tulha contato com pescadores e - Mamoã comunitários; - Serra Grande -Identificação de - pescadores e pessoas- chaves. 10 Estuário Almada Sede (Colônia Z-34) -Aplicação do questionário 1 - Daniela São João semi-estruturado; 3 – Xoxa, Carlos e Délio Aritaguá -Identificação de mais pessoas Chaves; - Identificação de pescador-chave com embarcação para Guiar naFevereiro Inspeção de Campo. 11 Estuário Almada Pedra do Peão,Mangue de São - Inspeção de campo 1- Adélio (guia) Domingos,Coroa do Sobrado guiada por pescador local Poço,Mangue da Fazenda Rosário,Coroa do Candomblé (áreas de pesca e portos); Coroa da Cruz,Coroa da -Mapeamento do território Cana,Coroa do Carlão pesqueiro do estuário; Mangue de Clóvis,Porto Ton -Aplicação do questionário Lavignni,Coroa Arnaldo de Badaró semi-estruturado. Mangue de São Miguel,Mangue da água boa,Ilha do Quati Mange do Iguape,Coroa de Alberto,Juerana ,Combo,Clube do Jóia, Sambaituba, Porto Pecém, Porto da Balsa, Porto de Clóvis, Porto da Amendoeira, Porto da Barra, Porto Ouvídio Leal,
  • 4. QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES DE CAMPO - FEVEREIRO Número de PescadoresMês Dia Área Comunidades visitadas Atividades Desenvolvidas consultados Mz Fazenda Rosário, Porto Ton Lavignni, Porto água boa, Porto Aritaguá, Aritaguá – Pista, Porto do Combo, Porto das Pidonas, Porto da Juerana, Porto Clube do Jóia, Porto Pecém Porto da Balsa Porto de Clóvis Porto da Amendoeira Porto da Barra Porto Ouvídio Leal Mz Fazenda Rosário Porto Ton Lavignni Porto água boa Porto Aritaguá Aritaguá – Pista Porto do Combo Porto das Pidonas Porto da Juerana Porto Clube do Joia Porto Sambaituba Porto Urucutuca Porto Lagoa Encantada 12 Comunidades do entorno Paraíso do Atlântico - Inspeção de campo 2 Genivaldo e Antônio (guia) guiada por pescador local -Mapeamento do território pesqueiro do estuário; -Aplicação do questionário semi-estruturado; 13 Sede Municipal -Colônia Z-19 -Aplicação do questionário José Leonardo (Leo) -Banca de peixe na semi-estruturado; Prainha -Viagem de Retorno
  • 5. QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES DE CAMPO - JUNHOMês Dia Área Comunidades visitadas Atividades Desenvolvidas Número de Pescadores consultados 7 Ambiente Marinho -Colônia Z-19 -Viagem de Ida; 2 José Leonardo (Z-19) Sede Municipal Ilhéus -Reconhecimento de campo; -Estabelecimento de contato com pescadores e comunitários; -Identificação de pescadores e pessoas- chaves; -Aplicação do questionário semi-estruturado. 8 Ambiente Marinho -Colônia Z- 34 -Aplicação do questionário 2 Genivaldo e Daniela (Z-34) Sede Municipal Ilhéus semi-estruturado; -Identificação de mais pessoas chaves; - Identificação deJunho pescador-chave com embarcação para Guiar na Inspeção de Campo. 9 Ambiente Marinho Lama do Iguape, -Mapeamento das áreas de 3 Antônio Santos Passos (guia), Lama da Conceição, pesca de modo embarcado; Geraldo e Adilson(Sargento) Patacsé, - Verificação das Pedra da Conceição, embarcações presentes Rego do Ventura, durante o roteiro marítimo; Rego da Barra nova, Marissol, -Aplicação do questionário Pedra da Mata Alta, semi-estruturado; As Tatibas, Supermercado, Pedra do Ramo, Recifes, Jaqueira do Duro, Serra do Ramo, Quebrada, Lama de Fora,
  • 6. QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES DE CAMPO - JUNHOMês Dia Área Comunidades visitadas Atividades Desenvolvidas Número de Pescadores consultados Lama da Juerana, Lama da Conceição, Pedra de Ilhéus, Bacia, Barra do Marinho, Lagoa da Ponta da Tulha, Cascalho, Cascalho do Velho Julho, Patacsé, Mero Cortado, Lagedo, Bacia, Pedra do Marinho, Pedra de Edi, Sonda de Alemão, Pedra de Zé Buraco, Durinho, Pedra de Chico, Serrinha, Durão, Pedra da Mata Alta, Pedra da Jaqueira, Lage do Bento, Pedra do Rego, Sabaia, Pedra Grande 10 Ambiente Marinho Porto do Pontal, -Mapeamento dos portos, Pirão (guia) Porto do Cemitério, via terrestre; Terminal pesqueiro, - Verificação das Porto da Prainha, embarcações presentes Porto da Barra, durante o roteiro marítimo; Porto da Amendoeira, Porto da Balsa, -Aplicação do questionário Porto do Pecém, semi-estruturado; Porto de São Miguel, -Identificação de mais pessoas Chaves;
  • 7. QUADRO RESUMO DAS ATIVIDADES DE CAMPO - JUNHOMês Dia Área Comunidades visitadas Atividades Desenvolvidas Número de Pescadores consultados 11 Ambiente Marinho Itacaré Colônia Z-19 -Aplicação do questionário Leônidas, Zé de Alair e peu Sede Municipal Itacaré semi-estruturado; -Identificação de mais pessoas Chaves; 12 Ambiente Marinho Porto da Ponta da Tulha, -Aplicação do questionário Pirão (Guia) Porto do Mamoã, semi-estruturado; Leonídio (peixaria) Porto da Ponta do Ramo, -Mapeamento portos Valdir de Jesus Porto do Sobradinho utilizados pelo setor Teride (Mamoã) e Serra Grande (peixaria) pesqueiro. Pedro de Ercília (sobradinho) Barra do Marinho (condomínio Verdes Mares).
  • 8. APÊNDICE C.2 – FICHAS DE CAMPO UTILIZADAS NAS ENTREVISTAS
  • 9. MODELO PARA ENTREVISTA SEMI-ESTRUTURADA – PESCA ESTUARINAÁrea: Aritaguá Ponta da TulhaDATA: Nome/apelido:Quantidade deÁrea de Pesca,áreasPRINCIPAISAtividade dos Mariscageminformantes equantidade depessoas em cada Pescaatividade Outros:filiado à colônia Sim Nãopossui Simembarcação NãoPrincipais Mariscos:mariscos para aeconomia dacomunidade eVALOR Peixes:Arte de pesca Tapação Braço Mão Ripiché Manzuá Facão Cavador Colher Bicheiro Jerreré Curral Linha Tainheira rede Arrastão rede Rede (reça) Rede (espera) Rede (cerco)PRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade por DIA BOM -semana QUANT H/H DIA MÉDIO - QT H/H DIA RUIM - QT H/HPREÇO por BOM nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom RUIM MédioMÊS da maré BOM Médio
  • 10. MODELO DE QUESTIONÁRIO PARA ENTREVISTA SEMI-ESTRUTURADA - PESCA MARINHA – ANEXO A
  • 11. MODELO DE QUESTIONÁRIO SEMI-ESTRUTURADO – PESCA MARINHA – ANEXO BÁrea:DATA: Nome/apelido:Espécie alvoFiliado a colônia SIM NÃOEmbarcação TamanhoDinâmica dos principais produtos e quantidadesProdutos Bom Médio Ruim12Tempo detrabalhoProdutividade:VALORES tempo bom Tempo médio Tempo RuimTEMPO tempo bom Tempo médio Tempo RuimTRABALHADOÁreas de pescamelhoresNome das áreasde pesca(Observação)
  • 12. PRODUTO PESQUEIRO/IMPORTÂNCIA (ANEXO - FERRAMENTA PARA TODOSENTREVISTADOS) Produto Pesqueiro ImportânciaCação-lixa (Gynglimostoma cirratum)Cação-tintureira (Galeocerdo cuvieri)Cação-frango (Rhizoprionodon spp.)Cação-martelo (Sphyrna spp.)Raia-elétrica (Narcine spp.)Raia-viola (Rhinobathus spp.)Raia-manteiga (Dasyatis spp.)Ubarana-rato (Elops saurus)Arraia pintada (Aetobatus narinari)Caramuru (Gymnothorax spp.)Moréia (Gymnothorax spp.)Moréia-pintadaMututucaManjuba (Anchoviella spp.)Sardinha-maçambê (Opisthonema oglinum)Sardinha-xangóSardinha-cascuda (Harengula clupeola)BagreBagre-fidalgoBagre-bandeira (Bagre marinus)Bagre-amareloNiquim (Thalassopyrna spp.)Peixe-morcego (Ogocephalus spp.)Agulhão (Strongylura spp.)Agulha-pretaParivivaJaguaraçá (Holocentrus adcensionis)Cu-de-pintoPeixe-cachimboCavalo-marinho (Hippocampus spp.)Cabrinha (Trigla spp.)Robalo-barriga-mole (Centropomus parallelus)Robalo (Centropomus spp.)robalo-camurim (Centropomus undecimalis)Jabu (Cephalopholis fulva)Margarida (Diplectrum spp.)Mero-gato (Epinephelus adcensionis)Mero-canapu (Epinephelus itajara)Garoupa-são-tomé (Epinephelus morio)Cherne (Polyprion americcanus)Badejo-quadrado (Mycteroperca bonaci)Badejo (Mycteroperca sp.)Mata-caboclo
  • 13. Produto Pesqueiro ImportânciaPeixe-sabão (Rypticus spp.)Olho-de-cão (Priacanthus spp.)Piranema (Priacanthus spp.)Bom-nome (Malacanthus plumieri)Rêmora –pegador (Echeneis naucrates)Bejupirá (Rachycentrum canadus)Dourado (Coryphaena hyppurus)Guaricema (Caranx chrysos)Xaréu (Caranx hippos)Graçari / graçaim (Caranx latus)Xaréu-preto (Caranx lugubris)Palombeta (Oligopolites spp.)GuaibiraXixarro-olho-de-boi (Decapterus spp.)Peixe-galo (Selene vomer)Olho-de-boi (Seriola spp.)Pampo- espinha-mole (Trachinotus spp.)Pampo- redondo (Trachinotus spp.)Pampo- galhudo (Trachinotus spp.)Saramonete-de-fundoCioba (Lutjanus analis)Carapitanga (Lutjanu alexendrei)Boca-negra (Lutjanus bucanella)Dentão (Lutjanus jocu)Vermelho (Lutjanus spp.)Ariacó (Lutjanus synagris)Vermelho-do-olho-amarelo (Lutjanus vivanus)Guaiuba (Ocyurus chrysurus)ParamirimCarapicu-pretoCarapicu (Eucinostomus spp.)Carapicu-branco (Eucinostomus spp.)Sargo (Anisotremus spp.)Sargo-de-beiço (Anisotremus surinamensis)Roncador-branco (Haemulon spp.)Quatinga (Haemulon aurolineatum)Biquara (Haemulon plumierii)Roncador-amareloCutupáPeixe-pena (Calamus pennatula)BarbudoMirucaiaPescada-amarela (Cynoscion acoupa)Pescada-branca (Isopisthus spp.)Pescada-dentão
  • 14. Produto Pesqueiro ImportânciaPescadaPescadinhaBoca-tortaPapa-terra – corre-costaCorvinaPescada-verdadeiraCabeça-duraConicosta corre-costaPiaba-do-marFrade (Pomacanthus spp.)Pirajica / pirajiSargentinho (Abufdefduf saxatilis)Budião (Sparisoma spp., outras)Barbeiro (Acanthurus spp.)Barracuda (Sphyraena barracuda)Bicuda (Sphyraena picudilla)Espada (Trichurus lepturus)Bonito/atum (Euthynnus spp.)Sororoca (Scomberomurus spp.)Cavala (Scomberomurus spp.)Albacora (Thunnus albacares)Jacumandá – jacundáLinguado (Paralichthys spp.)Língua-de-mulataPeixe-porco (Balistes spp.)Peixe-cofre Taoca (Acanthostracion spp.)BaiacuBaiacu-pintado (Sphoeroides spp.)Baiacu-de-espinho (Diodon spp.)Peixe-lua (Mola mola)
  • 15. APÊNDICE C.3 – INFORMANTES-CHAVES/INFORMANTES COMPLEMENTARES/ENTREVISTAS
  • 16. PESCADORES ESPECIALISTAS ENTREVISTADOS E UTILIZADOS COMO INFORMANTES-CHAVES Nome dos Apelido Comunidade Colônia Endereço EspecialistasUilson Suares Lima Xoxa Aritaguá Z-34 Praça, 01, Aritaguá, llhéus-BA.Délio Silva - Jóia do Atlântico -Antônio Santos - Sede municipal- Pontal Z-19 Rua Senhor dos Passos, Nelson Costa, Ilhéus-BAPassosGeraldo - Sede municipal Z-19Adilton Sargento Sede municipal Z-19Nadir - Paraíso do Atlântico - Ultima Casa da rua principal do Paraíso do Atlântico, Ilhéus-BA.- Marico Paraíso do Atlântico - Bar do lado Direito da entrada do Paraíso do Atlântico, Ilhéus-BA..Nair Clebon Marica Paraíso do Atlântico - Bar - lado esquerdo da entrada do Paraíso do Atlântico, Ilhéus-BA..Gerônimo - Paraíso do Atlântico - Usuário da barrinha, Ilhéus-BA..Genivaldo Alves Meia Perna Ponta da Tulha Z-34 R. São Francisco, 27, Ponta da Tulha, Ilhéus/BAReisPedro Ribeiro dos Teride Vila Mamoã Z-34 1ª casa a esquerda, 2ª entrada Vila Mamoã, Ilhéus-BA..Santos- Pirão Ponta da Tulha - 1ª Travessa, penúltima casa, Ponta da Tulha, Ilhéus-BA..- Pedro de Pirão Ponta da Tulha - 1ª Travessa, penúltima casa, Ponta da Tulha, Ilhéus-BA..José Leonardo de Leo Sede Ilhéus Z-19 Rua Castro Alves, 131 – Pontal. Ilhéus – BahiaOlivira dos SantosLeônidas Francisco - Sede Itacaré Z-18 Rua Antônio Athanásio dos Santos, s/n – Centro. Itacaré-BAdos SantosJoilton Lessa Neco Sede Ilhéus Z-19- ACAPE Av David Maia, 529, Pontal, Ilhéus-BAMachado- Leleco Sede Ilhéus - Malhado, Ilhéus-BARaimundo dos - São Miguel - Travessa 10, nº02, São Miguel, Ilhéus- BASantosJailson Costa dos Joca Lagoa Encantada Z-34 Lagoa Encantada, Ilhéus/BASantos
  • 17. PESCADORES ESPECIALISTAS ENTREVISTADOS INFORMANTES-COMPLEMENTARES Nome dos Apelido Comunidade Colônia Endereço EspecialistasValdir de Jesus Babau Ponta da Tulha Z-34 Ponta da Tulha, Ilhéus/BAPedro de Ercília - Porto Sobradinho Z-34 Sobradinho, Ilhéus-BA..Leonídio Correia dos - Serra Grande-Uruçuca Z-34 R. Beira Rio, s/nº, (peixaria) Serra GrandeSantosAntonio Carlos de Jesus - Iguape Z-34 Trav. Jorge Maia, 179, Iguape, Ilhéus-BA.NunesAntônio - Barra do Iguape - Barra do Iguape Zé de Alair Itacaré Z-18 Itacaré Peu Itacaré Z-18 Itacaré
  • 18. ENTREVISTAS COM PESSOA-CHAVEÁrea: Jóia/Paraiso do Atlântico 1DATA: 12.2.11 Nome/apelido: MaricoQuantidade de Barra, Barrinha, 1ª ponte, 2ª ponte, Córrego, Ribeirão, Riacho, SonrizalÁrea de Pesca,áreasPRINCIPAISAtividade dos Mariscageminformantes equantidade de Pesca : 5 a 10pessoas em cada Outros: Lazeratividadefiliado à colônia Sim Não Xpossui Simembarcação Não XPrincipais Mariscos: Caranguejo P2 Siri P1 Aratu Camarãomariscos para aeconomia da Sururucomunidade eVALOR Peixes: Robalo Tudo miudo Tainha CarapebaArte de pesca Siripóia Pega caranguejo na andada de ano em ano XPRODUÇÃO PRODUTO 1 aratu PRODUTO 2 siri PRODUTO 3quantidade por DIA BOM - QUANT Meio Balde 10-12semana H/H DIA MÉDIO - QT H/H DIA RUIM - QT 0 4 H/H 2h 2hPREÇO por BOM nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom RUIM MédioMÊS da maré BOM Médio
  • 19. Área: Aritaguá 2DATA: 10.12.2011 Nome/apelido: Uilson Suares Lima / XoxaQuantidade de Barra, Iguape, Aritaguá, Juerana, Sambaituba, Urucutuca, CampinhoÁrea dePesca, áreas Conflitos existentes: 1 -ocorrência de Bagre africano na aguada e Tucunaré nas lagoas;PRINCIPAIS 2- Jet Ski no rio pertubaa pesca; 3- Água do rio entra nas casas. Isso esplica a existência de batentes. Indica Nego pescador de peixe de São JoãoAtividade dos Mariscagem – Ribeirinha camarão do aguadoinformantes equantidade de Pesca X – 50pessoas em Outros:cada atividade filiado à Sim Z-34 – estima cerca150 a 200 segurados pelo defeso do robalocolônia Não 20 pescadorespossui Sim X de arritaguá até sambaituba existem 50 canoasembarcação NãoPrincipais Mariscos: Ruim: Pitu, Aratu: Camarão de 3 pessoasmariscos para caranguejo subsistência água doce pegama economia da ribeirão Guaiamumcomunidade eVALOR Peixes: Robalo Cangurupim, Curimã p3, Camburim açu, 1 Tilápia p2 Carapeba Moreia, Grumatá ou Piupiu carpa.Arte de pesca Jereré Anzol Tarrafa Rede Rede Rede (cerco) (espera) Mergulho, Manzoá de espera(peixe e camarão). No caso da rede de espera bota-se de manhão e recolhe a tarde. Não pode dormir por causa da lontra, guaxinim, rapousa, jupati rato e cangurupim.PRODUÇÃO PRODUTO 1 – peixe geral PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 100Kg Jul-set Maré grandepor semana H/H 4h X 4 dias DIA MÉDIO - QT 20 kg H/H DIA RUIM - QT 8 kg Maré morta H/HPREÇO por BOM 18,00 Robalo 1ª 13,00 Carapeba nº Dia de TrabPERIODO R$ MÉDIO 13,00 Bom 4 RUIM 7,00 Ruim 0MÊS da maré BOM Set-fev Médio mar-jun Ruim ago-set
  • 20. Área: Aritaguá X Joia do Atlântico 3DATA: 11.02.2011 Nome/apelido: Délio SilvaQuantidade Coroa da Cana, Coroa de Arnaldo Badaró, Coroa do cação, Porto das pidonas,de Área de Coroa do candomblé, Coroa do Sobrado, Coroa do Alberto, Mangue do SãoPesca, áreas Domingo e Mangue do Iguape.PRINCIPAIS Depois do surgimento do tucunaré verdadeiro o rio acabou OBS: ocorre capivara no manguezalAtividade dos Mariscageminformantes equantidade de X Pescapessoas em Outros:cadaatividadefiliado à Sim X cerca de 20colônia Nãopossui Sim X existem cerca de 10 barcos em aritaguá e 10 canoasembarcação Não 30Principais Mariscos: Caranguejomariscos para Comunidade doa economia Iguape e Sãoda Domingoscomunidade eVALOR Peixes: P1 Carapeba Curimã Robalo TainhaArte de pesca Rede (espera) Rede (cerco) 130 braç Calão Pescam 4 a 3 pessoas (3 filhos ou visinhos)PRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 150kg 20kgpor semana H/H 4h= 4 lanço DIA MÉDIO - QT 100kg 10kg H/H DIA RUIM - QT 9kg 3,5kg H/HPREÇO por BOM 13 10 nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO 10 8 atacado Bom5 dias RUIM 9 7 Ruim 5diasMÊS da maré BOM Jun-jul MÉDIAmar-mai Ruim set-fev
  • 21. Área: Aritaguá X Iguape 4 Nome/apeli Antônio (pescador do mar – pesca no rio no inverno)DATA: 11.02.2011 do: Porto da BalsaQuantidade Da Barra ao Iguapede Área dePesca, áreasPRINCIPAISAtividade Mariscagem – Avalia que na área barra existam cerca de 100 marisqueirasdosinformantes e Pesca X – cerca de 400 pescadoresquantidade Outros:de pessoasem cadaatividadefiliado à Simcolônia Não Xpossui Sim X canoaembarcação NãoPrincipais Mariscos: No Inverno Produto filé demariscos 2 Sirí siripara a Sururueconomia da Ostracomunidadee VALOR Peixes: 1 robalo (raro) 1carapeba 3 Tainha Bagre africano e tilápia 3 CarapicumArte de pesca Rede (reça) Rede (espera) Rede (cerco) SiripóiaPRODUÇÃ PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3O quantidade DIA BOM -por semana QUANT - 1,5kg 10kg H/H - 1maré - DIA MÉDIO - QT - 1kg 5kg H/H - 1maré - DIA RUIM - QT - 0,5kg 0 H/H - 1maré -PREÇO por BOM nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO 10,0 10,0 5,0 Bom - RUIM 4,0 Médio-MÊS damaré BOM verão inverno Ruim-
  • 22. Ponta daÁrea: Aritaguá X Tulha 5 Nome/apelid José (pescador do mar – pesca no rio no inverno) PortoDATA: 11.02.2011 o: da BalsaQuantidade Porto da Barra, Porto de São Miguel ( usa da passarela até o Iguape), Porto da Balsa,de Área de Porto de São Domingos (daí para acima áreas de Aritaguá)Pesca,áreasPRINCIPAISAtividade Mariscagem x 100 (PESCA SIRI)dosinformantes Pescae Outros:quantidadede pessoasem cadaatividadefiliado à Sim Xcolônia Nãopossui Sim Baiteiraembarcação NãoPrincipais Mariscos: Caranguejo Camarão (Fora Aratu Sirimariscos do rio)para aeconomiadacomunidade eVALOR Peixes: - - -Arte de Manzuápesca Rede Arrasto SiripóiaPRODUÇÃ PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3O DIA BOM -quantidadeQUANT 20 Kg Camarãopor semanaH/H DIA MÉDIO - QT 10 – 15 Kg H/H 12h DIA RUIM - QT 2kg H/H 12hPREÇO por BOM 12,50 nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom 5 dias RUIM 9,0 Ruim 5 diasMÊS da Abril-maré BOM agosto lançamento Ruim Morta
  • 23. Área: Aritaguá Iguape 6DATA: 11.02.2011 Nome/apelido: Antonio Carlos de Jesus NunesQuantidade Laranjeira, Sambaituba, Pau do Padre, Urucutuca, Campinhode Área dePesca, áreasPRINCIPAIS Problema do almada: assoreamentoAtividade dos Mariscagem 15 marisqueiras de camarãoinformantes equantidade de Pesca X 40 colonizados aposentadospessoas em Outros: 150 canoas em sambaitubacada atividadefiliado à Simcolônia Nãopossui Simembarcação Não XPrincipais Mariscos: Camarão Guaiamummariscos para (vila jóia doa economia Atlântico eda barra)comunidade eVALOR Peixes: 1 Robalo Soroba- Bagre africano Engasgagato Tilápia tucunaré Aro vermelho e aro amareloArte de pescaPRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 16 kgpor semana H/H DIA MÉDIO - QT 8kg H/H DIA RUIM - QT 6kg H/HPREÇO por BOM 14 nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO 12 Bom 4 dias RUIM 10 MédioMÊS da maré BOM Ago - Fev MÉDIA - mar RUIM-mai-jul
  • 24. Área: Aritaguá X 7DATA: 11.02.2012 Nome/apelido: Angelito (lavrador fazenda sobrado – subsistência)Quantidade 8 lugares de pesca são usados. Como o rio está raso, então ele escolhe os lugares maisde Área de profundos.Pesca, áreasPRINCIPAIS De Aritaguá em diante até na maré grande a água fica só um pouco salobraAtividade dos Mariscageminformantes equantidade de Pescapessoas em Outros: lavrador maior parte do tempo e atua na construção civil como pedreirocadaatividadefiliado à Sim Xcolônia Nãopossui Sim X – existem cerca de 10 canoas em aritaguáembarcação NãoPrincipais Mariscos:mariscos paraa economiadacomunidade eVALOR Peixes: 1 Robalo 3 tilápia 2 CarapebaArte de Pesca Manzuá Linha Rede (espera) Manzuá de peixe colocado nas vagens do rioPRODUÇÃO PRODUTO 1 peixe PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 15por semana H/H DIA MÉDIO – QT 8 H/H DIA RUIM – QT 4 H/HPREÇO por BOM 15,00 12 nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom 3x/DIA RUIM 1,00 1 ,00 1,0 Médio 1 vezMÊS da maré BOM Set - fev Média Ruim abr-ago Ruim nem vai
  • 25. Área: Paraiso do Atlântico Ponta da Tulha 8DATA: 12.02.2011 Nome/apelido: NadirQuantidade 1ª ponte e 2ª ponte depois do Paraíso do Atlântico, sendo a área mais usada ade Área de barrinhaPesca, áreasPRINCIPAISAtividade Mariscagem Xdosinformantes e Pescaquantidade Outros:de pessoasem cadaatividadefiliado à Simcolônia Não X Niguém da comunidade é filiadapossui Simembarcação Não X pesca desembarcadaPrincipais Mariscos: 1Aratu, Caranguejomariscos Siri, (só napara a Sururu, lambreta andada)economia da Ostra (poucacomunidade para comer)e VALOR Peixes: Robalo TainhaArte de pesca Tarrafa Varinha e balde Coleta manualPRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 2kgpor semana H/H DIA MÉDIO - QT 1kg H/H DIA RUIM - QT 0,5-0,1kg H/HPREÇO por BOM R$12 nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom RUIM RuimMÊS da maré BOM Maré de Lançamento RUIM Maré Morta
  • 26. Área: P. do Atlântico Ponta da Tulha 9DATA: 12.02.2011 Nome/apelido: Nair Clebon / MaricaQuantidade Contato- Jau e Maricode Área de 1ª e 2ª pontePesca, áreasPRINCIPAISAtividade dos Mariscageminformantes equantidade de Pescapessoas em Outros:cada atividadefiliado à Simcolônia Não Xpossui Simembarcação Não XPrincipais Mariscos: Muapem 1 Aratumariscos para Ostra 2 Siria economiadacomunidade eVALOR Peixes: Robalo Curimã Tainha CarapebaArte de pesca Linha, vara e balde TarrafaPRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 100 unidades 30 unidadespor semana H/H 6h 6h DIA MÉDIO - QT 50 unidades 10 unidades H/H 6h 6h DIA RUIM - QT 20 H/H 6hPREÇO por BOM nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom RUIM MédioMÊS da maré BOM ago-jan MEDIO fev RUIM Mar-jul
  • 27. Área: Paraiso do Atlântico 10DATA: 12.02,2011 Nome/apelido: GerônimoQuantidade 1ª pontede Área dePesca, áreasPRINCIPAISAtividade dos Mariscageminformantes equantidade de Pesca, “Lazer”pessoas em Outros: Estudantecada atividadefiliado à Simcolônia Nãopossui Simembarcação Não XPrincipais Mariscos: Caranguejomariscos para Aratua economiadacomunidade eVALOR Peixes: Robalo TainhaArte de pesca Rede (cerco) Bater Burara - rede cerca de 4mPRODUÇÃO PRODUTO 1 PRODUTO 2 PRODUTO 3quantidade DIA BOM - QUANT 4por semana H/H DIA MÉDIO - QT 2 H/H DIA RUIM - QT 0 H/HPREÇO por BOM nº Dia de TrabPERIODO MÉDIO Bom RUIM MédioMÊS da maré BOM Médio
  • 28. Área: Pontal 1DATA: 12.2.11 Nome/apelido: Zé (da Lair) e PeuEspécie alvo camarão e peixeFiliado a colônia SIM X Z-19 NÃOEmbarcação Barco que possui -Dinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Sete barbas bom inverno2 Tanha e ruim verãoRosinhaTempo de 1 arrasto em 4h 1 arrasto em 4htrabalhoProdutividade:Pistola com tempo bom - 80kg Tempo médio Tempo RuimRosinhaÁreas de pesca do lado de OlivençamelhoresNome das áreas 40 embarcações inscritas através da colôniade pesca(Observação)Área: Iguape 2DATA: 12.2.11 Nome/apelido: Antonio Carlos de Jesus NunesEspécie alvo CaranguejoFiliado a colônia SIM NÃO XEmbarcação Barco que possui Não temNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Caranguejo Verão Inverno2 Ostra Verão InvernoTempo detrabalhoProdutividade:Caranguejo Tempo bom - Corda de Tempo médio Tempo Ruim - Corda de 5 6Áreas de pesca Rio cachoeiramelhoresNome das áreas Caranguejo – redinhade pesca Ostra - Facão no mangue do rio cachoeira(Observação)
  • 29. Área: Pontal 3DATA: Nome/apelido:Antônio Santos Passos, Geraldo e Adilson SargentoEspécie alvo Peixes: Guaiba, dentão, mero seringado=badejo, mero – cherne, mero piraroba, cioba, vermelho e saramoneteFiliado a SIM X Z-18 NÃOcolôniaEmbarcação Barco que possui 18mNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtos Veia d’água de baixo 1Produtos Bom Médio Ruim1 Guaiuba2 MeroTempo detrabalhoProdutividade: Tempo bom – Tempo médio Tempo Ruim - verãoÁreas de pesca Verão – Nos baixios –Pq água corre muitomelhores Inverno – na Beirada do BarrancoNome dasáreas de pesca(Observação)Área: Pontal 4DATA: Nome/apelido: José Leonardo O. SantosEspécie alvo Presidente da Colônia Z- 19Filiado a colônia SIM X NÃOEmbarcação Barco que possuiNº de embarcação - 20 C amarão e 35 peixes – barcos antes 15m e hoje 10-12m; 15 bocaaberta (lagosta), 30 Baiteira (pescadores do bairro Vilela e Manoel Novais)Dinâmica dos principais produtos peixes da veia d’água de cima e outros vendaProdutos Bom mar-set Médio Ruim1 Vermelho R$13, Guaiuba R$10, Cioba, Dentão, Olho de boi R$13, Badejo – camarão2 Cavala, guaiuba, guaricemaOutros Beijupirá R$13, Graçain R$8 e arraia 6 (posta R$8)Tempo de Sul Sul e sudeste Nordeste, leste e sudoestetrabalhoProdutividade:Peixes Tempo bom – 800- Tempo médio – 500- Tempo Ruim – 100- 80 500 300Áreas de pesca Contrabando e BeiradamelhoresNome das áreas Ilhéus na Pedra, Contrabando - 79m, Beirada, Barranco, Uru,de pesca Beirada do Uru, Porção do URU- 52m, Beirada da Lama 69m, Gereba(Observação) – 54m, Beirada da Semana – 53, Patacsé – 54, Cajazeiras – 55m, Beirada da Volta – 55m, Regão – 65 até 160m, Pedra Grande 50m Portos barcos z-19 costeiro– Acuipe, Jairi, Águas de Olivença, Cururupe, São Miguel, Ponta da Tulha, Mamoã, Serra Grande (pé da serra) e Itacaré
  • 30. Área: Juerana 5DATA: Nome/apelido: JoiltonEspécie alvo GuaiammFiliado a colônia SIM NÃO Não é pescadorEmbarcação Barco que possui liderança comunitáriaNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Guaiamum2Tempo detrabalhoProdutividade: ratoeira de lata Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreasde pesca(Observação)Área: 6DATA: Nome/apelido: Genivaldo Alves Reis/ Meia PernaEspécie alvo Assessor da colônia Z-34Filiado a colônia SIM X - 3500 associados- em dia 800 mulheres e 400 Homens /contato – Mamoã –Teride, Vadinha, Ligia; ponta da Tulha – Babau, Ton, vadinho e PirãoEmbarcação Barco que possuiNº de embarcação 10 embarcações servem a colônia z-34Dinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 sardinha (isca)2Tempo detrabalhoProdutividade:1 em reais Tempo bom -3,50/Kg Tempo médio - Tempo Ruim -5,00/Kg 4,00/KgÁreas de pescamelhoresNome das áreas Gelo é comprado em Umade pesca Combustível – Diesel Subsidiado(Observação) Infra- Carro refrigerado
  • 31. Área: Itacaré 7DATA: Nome/apelido: Leonidas Francisco dos SantosEspécie alvo Presidente da colônia dos pescadores Z-18Filiado a colônia SIM X 1700 pescadores NÃOEmbarcação Barco que possuiNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim12Tempo detrabalhoProdutividade: Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreasde pesca(Observação)Área: Mamoã 8DATA: Nome/apelido: Pedro Ribeiro dos Santos/ TerideEspécie alvoFiliado a colônia SIM X NÃOEmbarcação Barco que possui PequenoNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Dentão2 MeroTempo detrabalhoProdutividade: Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreasde pesca(Observação)
  • 32. Área: Barra de São Miguel 9DATA: 08.06.2011 Nome/apelido: Raimundo dos SantosEspécie alvo PeixesFiliado a colônia SIM X NÃOEmbarcação Barco que possui NãoNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtos – Linha, arrasto, espera, espinhel, Calão na Beira daPraia (prainha no verão), Cerco (com rede Mariquita)Produtos Bom Médio Ruim1 Alvacora Entrevistas anexa sobre peixes2 douradoRobalo (no rio) Inverno VerãoTempo detrabalhoProdutividade: Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreas Em Olivença- Bacia, Juro, pedras de Ilhéus, Beirada da canoa,de pesca Cururupe (em frente ao porto) e São Miguel. Norte Ilhéus –Buraco de(Observação) Natal, Beirada Cajazeira, Beirada da Volta, Beirada do Cação, Beirada de Macarrão e Serra Grande. P da Tulha e Mamoã- Beirada de Wiliam, Rego da Barra Nova, Rego do Ventura, 28 de Pavão. Ponta do Ramo. Ponta do Ramo- as Pedreiras, Porto da Serra Grande, Rego do Ventura e 4 milhas.Área: Ponta da Tulha 10DATA: Nome/apelido: Pedro (filho de Pirão)Espécie alvo Peixes de mergulhoFiliado a colônia SIM NÃO XEmbarcação Barco que possui NãoNº de embarcaçãoDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Mero Entrevistas anexa Entrevistas anexa Entrevistas anexa sobre sobre peixes sobre peixes peixes2 então Entrevistas anexa Entrevistas anexa Entrevistas anexa sobre sobre peixes sobre peixes peixesTempo de Verãotrabalho (inconstante)Produtividade: Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreas Recifes (da barra do mamoã) até a pedra do marinhode pesca(Observação)
  • 33. Área: Sede Municipal – Barra 11DATA: 09.06.2011 Nome/apelido: LelecoEspécie alvo CamarãoFiliado a colônia SIM X Z-34 NÃOEmbarcação Barco que possui GrandeNº de embarcação 3; 1 Barco Grande- 5pescadores-motor Scania Cubson 200hp; 1 Barcomédio - 16m -4 cilindros, 200 hp – 100 a 300L/dia; Carga total -Gelo 5T para 2500kg depeixe; 1 Barco Pequeno – 8 a 9 m- motor 18 a28 hp-30 a 35 L/dia, 3 e 2 pescadores.Estimativa de Nº de embarcação por área: 50 de Ilhéus até Mamoã, 30 Porto da Balsa, 20São MiguelDinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Sete barbas Inverno 15jun-15nov - R$5 Verão – 10=tanha R$32 Rosa R$8 R$10 R$153 Pistola R$30 R$20 R$15Produtividade: Divisão da Produção – 20% do total de cada pescador para manutençãodo Barco depois da divisão de 50% para pescadores e 50% para o Barco. Tempo bom –12T Barco Tempo médio Tempo Ruim – 1500Kg grande por zarpada sete Barbas e tanha Pistola Grande e rosa pequenos médioÁreas de pescamelhoresNome das áreas Cabeço, Lama da conceição (até a pedra), Rego do Ventura ou Regãode pesca ou Rego da Barra Nova, Barra Nova, linha Marissol, porto Mamoâ,(Observação) Ponta do Ramo (Serrinha), até as Pedreiras
  • 34. Área: Sede - Pontal 12DATA: 10.06.2011 Nome/apelido: Joilton Lessa Machado/NecoEspécie alvo Camarão – Coopex- Coperativa de produtores de camarãoFiliado a colônia SIM X – Z-19 NÃOEmbarcação Barco que possui Barco GrandeNº de embarcação 1 custo gasto de óleo Estimativa gasto tipo tripulação tamanho da por tempo de quantidade de com óleo faina trabalho embarcação 4500 + barco grande 5 800 60l lub 30 a 35l/h 2 4000 + 60 225,5l/dia barco médio 4 16m 800 lub 22,5l/h 20 barco pequeno 3a2 8 a 12,5m 800 4000 + 60l 20 a 35 l/h 78Dinâmica dos principais produtosProdutos Bom Médio Ruim1 Sete barbas Inverno - R$3 R$5 Verão – R$10=tanha2 Rosa R$8 R$10 R$153 Pistola R$30 R$20 R$15Produtividade: Tempo bom - Tempo médio Tempo Ruim -Áreas de pescamelhoresNome das áreas de Ao sul de Ilhéus estão as melhores, mais produtivas – atua de Marau atépesca (Observação) BelmonteÁrea: Ponta da Tulha 13DATA: 12.06.2011 Nome/apelido: Pirão, Teride (Mamoã), Valdir de Jesus, Pedro de Ercília (sobradinho), Leonídio Correia dos Santos (Peixaria Serra Grande)Espécie Peixes de mergulhoalvoFiliado a SIM NÃO XcolôniaEmbarca Barco que possui 4m – motor de popaçãoÁreas de Lista de APe porto- Arrasto e LinhapescamelhoresNome Serra Grande (AP da Barra Nova até a Barra do Rio Sagi)- AP -Pé de Serra, Barra dodas áreas Sagi, Barrinha, Ponta do Ramo, Mamoã, Ponta da Tulha, barra do Marinho e Barrade pesca nova – Porto- Pé de Serra, Sobradinho (é porto alternativo para serra grande - 10(Observa Jangandas), Ponta do Ramo, Mamoã, Ponta da Tulha, No Marinho (cond. Verdesção) Mares- 1 jangade de lazer); Ponta do Ramo – Pedra do ramo (principal), Lage do Bento (principal), 1º Marinho, 2º Marinho, Beirada da Vovó, as 27, Pedra da Libra, Neto do Morro, Pé de Serra, Cupido, Pedra do Dentão e Pedra do Mergulho. Sobradinho – Usa AP de Ponta do Ramo e Pé de Serra. Mamoã- Ponta da Tulha, Beirada, Pedra de Edi, Pedra de Chico, Sonda do Alemão, Pedra Grande, Ponta do Rego, Sabaia, Pedra da Jaqueira, Regão (Rego da Barra Nova), Marinho, Beirada, Lama do Marinho, Corais, Lama de Fora.
  • 35. APÊNDICE C.4 – SÍNTESE DOS RESULTADOS OBTIDOS
  • 36. ATIVIDADE PESQUEIRA NA REGIÃO Pesca Costeira (Marinha) Pesca Estuarina e no AmbienteCaracterísticas Límnico Pesca Praia (linha, (petrechos Pesca de Linha Pesca de Arrasto Pesca de Emalhe emalhe e cerco) variados) Linha, emalhe,Tipo de petrecho Rede de emalhar, jereré, entre Tarrafa, calão, linha Espinhel, anzol Rede de arrastoutilizado caçoeira outros Nas “pedras” e “regos”, “beiradas” Nas “lamas”, sob e “paredes”, duas formas: barcos especialmente na Ao longo de todo pequenos utilizam Ao longo de toda a região em frente à Nos “cascalhos”, em o estuário, até batimetria de 30Área utilizada costa, inclusive na Ponta da Tulha pontos específicos incluindo os metros e barcos área de influência (recifes de corais), da região manguezais maiores, entre 30 e no cânion do 50m de Almada e na quebra profundidade. da plataforma continental Moradores das Pescadores que comunidades Pescadores que Moradores das dependem situadas ao longo dependem comunidades exclusivamente da do estuário do rio exclusivamente da situadas na orla, atividade pesqueira, Pescadores que Almada. Poucos atividade pesqueira, com maior sem necessidade de dependem pescadores com amplo dependência da amplo exclusivamente da exclusivos, sendo conhecimentoPerfil do atividade pesqueira. conhecimento atividade pesqueira, a agricultura ou o tradicionalPescador Esta se constitui em tradicional. sendo que a pesca setor de serviços acumulado. uma atividade Algumas vezes são de emalhe a principal fonte Algumas vezes são complementar à parcialmente normalmente não é a de renda. Estes parcialmente pesca principal, a pescadores de principal. pescadores não pescadores de linha, embarcada “de arrasto, pois podem utilizam o mar pois podem executar fora”. executar as demais como área de as demais artes artes pesca Peixes, siris, guaiamum, Peixes diversos (de caranguejo. Peixes diversos, Camarão- pistola, mais baixo valor de Destacam-se o Peixes diversos, inclusive espécies camarão-rosa eRecursos-alvo comercialização à robalo, a camarão (calão) de elevado valor de camarão-sete - exceção da pescada) carapeba, o comercialização barbas e lagosta (proibida) tucunaré e a tilápia. Valor de venda muito elevado e de interesse por parte Valor de venda Baixo valor de do setor turístico e elevado para o Lagosta: valor venda pesca de de fácil camarão-pistola e Valores de venda elevadíssimo deValor e tipo de complementação de comercialização. de certa forma o relativamente venda e de fácilcomercialização renda ou de Comercialização camarão-rosinha. baixos, dependem comercialização.dos recursos subsistência. Pode direta aos Para o sete barbas e de atravessadores Demais espécies – ainda ser esportiva consumidores, a mistura, baixo valor mais baixo ou turística. barracas e valor de restaurantes ou comercialização através de atravessadores
  • 37. ATIVIDADE PESQUEIRA NA REGIÃO Pesca Costeira (Marinha) Pesca Estuarina e no AmbienteCaracterísticas Límnico Pesca Praia (linha, (petrechos Pesca de Linha Pesca de Arrasto Pesca de Emalhe emalhe e cerco) variados) A maior produção de mariscos é Escassez dos Sobrepesca associada ao recursos em função afetando o tamanho estuário do rio de pesca predatória do camarão Proibição da pescaPrincipais Cachoeira. A (inclusive o arrasto), capturado, baixo Escassez dos de lagosta – pescaproblemas produção de baixo lucro com a lucro com a recursos com caçoeira éenfrentados peixes vem atividade contra alto atividade contra considerada crime caindo em função custo de alto custo de de sobrepesca e manutenção das manutenção das de ocorrência de embarcações embarcações espécies exóticas predadoras
  • 38. IMPORTÂNCIA DE CADA PRODUTO E TEMPOS DE PESCA PARA OS PRODUTOS ORIUNDOS DA PESCA DO SETOR PESQUEIROQUE ATUA NO RIO ALMADA Tempo de pesca ImportânciaPrincipais Produtos (qualidade para o mercado) Bom Médio RuimSiri 1ª. Abr/ago Outono e Primavera Verão(Callinectes spp., outras)Camarão (estuário) 1 ª. Verão Outono e Primavera Inverno(Litopenaeus spp., outras)Caranguejo 2 ª. Mai/ago Nov/fev Set/out(Ucides cordatus)Guaiamum (subsistência) 2 ª. Verão Outono e Primavera Inverno(Cardisoma guanhumi)Peixes (diversos) - Set/fev Mar/jun Jul/agoTainha 2 ª. Inverno Outono e Primavera Verão(Mugil spp.)Curimã 2 ª. Inverno Outono e Primavera Verão(Mugil spp.)Cangoá 2 ª. Inverno Outono e Primavera Verão(Stellifer spp.)Robalo 1 ª. Ago/fev Mar/abr Mai/jul(Centropomus spp.)Camburim-açu 1 ª. Ago/fev Mar/abr Mai/jul(Centropomus undecimalis)Carapeba 1 ª. Jul/fev Outono e Primavera Inverno(Eugerres spp.)Carapicum 2 ª. Verão Outono e Primavera Inverno(Eucinostomus spp.)
  • 39. RESUMO DA PRODUÇÃO NO ESTUÁRIO E AMBIENTE LÍMNICO DO RIO ALMADA Tempo de pesca Produção (Kg/dia) Preço Preço (R$/kg) Principais Produtos Bom Médio Ruim Bom Médio Ruim Bom Médio Ruim Bom Médio RuimSiri abr-ago out-pri Verão 20 10 2 verão out-pri inverno 12,5 10 9Peixes set-fev mar-jun jul-ago 100 20 8 verão out-pri inverno 18 10 4PRODUÇÃO DOS PRODUTOS CONSIDERADOS IMPORTANTES PELO SETOR PESQUEIRO QUE ATUA NO RIO ALMADA Tempo de pesca Produção (em unidade, Kg ou corda/dia) Principais Produtos bom Médio Ruim Bom Médio RuimSiri (Callinectes spp.) abr-ago out-pri verão 20 kg 10 kg 2 kgCamarão (estuário) verão out-pri inverno 2 kg 1 kg 0,5 kg(Litopenaeus spp.)Caranguejo mai-ago nov-fev set-out 12 cordas 8 cordas 4 cordas(Ucides cordatus)Guaiamum (subsistência) (Cardisoma guanhumi) verão out-pri inverno 15 Unidades 10 Unidades 5 UnidadesPeixes (diversos) - - - 100 kg 20 kg 8 kgTainha (Mugil sp.) inverno out-pri verão 80 kg 20 kg 8 kgCurimã (Mugil sp.) inverno out-pri verão 50 kg 20 kg 8 kgCangoá (Stellifer sp.) inverno out-pri verão 50 kg 20 kg 8 kgRobalo ago-fev mar-abr maio-jul 10 kg 3 kg 0(Centropomus sp.)Camurim-açu ago-fev mar-abr maio-jul 10 kg 3 kg 0(Centropomus undecimalis)Carapeba jul-fev out-pri inverno 10 kg 3 kg 0(Eugerres sp., Diapterus sp.)Carapicum verão out-pri inverno 10 kg 3 kg 0(Eucinostomus sp.)
  • 40. PREÇOS PRATICADOS PARA CADA PRODUTO PESQUEIRO DO ESTUÁRIO EM DIFERENTES PERÍODOS DO ANO Tempo para Preço Preço (R$/kg) Principais Produtos Bom Médio Ruim Bom Médio RuimSiri verão out-pri inverno 12,5 10 9(Callinectes spp.)Camarão (estuário) verão out-pri inverno 15 10 5(Litopenaeus spp.)Caranguejo verão out-pri inverno 96 (corda) 64 (corda) 32 (corda)(Ucides cordatus)Guaiamum (subsistência) verão out-pri inverno 15 (unidade) 10 (unidade) 5 (unidade)(Cardisoma guanhumi)Tainha verão out-pri inverno 5 4 3(Mugil spp.)Curimã verão out-pri inverno 5 4 3(Mugil spp.)Cangoá verão out-pri inverno 5 4 3(Stellifer spp.)Robalo verão out-pri inverno 18 13 7(Centropomus sp.)Camburim-açu verão out-pri inverno 14 10 7(Centropomus undecimalis)Carapeba verão out-pri inverno 10 7 5(Eugerres sp., Diapterus spp.)Carapicum verão out-pri inverno 5 4 3(Eucinostomus spp.)
  • 41. APÊNDICE C.5 – PONTOS PESQUEIROS
  • 42. IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS DAS ÁREAS DE PESCA (MARINHO) Coordenadas (UTM, Zona 24S, Datum SAD 69) Arrasto ou Ponto GPS Nome Atividade X (E) Y (N) Linha165 495035,2176 8373249,949 Lama do Iguape arrasto A166 496451,353 8374278,024 Lama da Conceição arrasto A169 499907,3357 8376961,53 Lama de Fora arrasto A170 501204,0259 8377266,872 Barra de Abelar linha L171 502908,5908 8377571,654 Pedra da Conceição linha L172 501625,5941 8382075,852 Rego do Ventura rede espera L173 501550,7899 8382454,056 Rego da Barra nova rede espera L174 501364,8088 8383103,511 Marisol linha L175 501039,9976 8383871,976 Sequeiro rede espera lagosta rede espera176 500645,2951 8386016,593 Pedra da Mata Alta linha L177 500009,9658 8387334,945 Serra Grande linha L178 499632,9536 8387396,545 Supermercado rede rede espera179 498492,9133 8387439,358 Pedra do Ramo linha L181 494944,1894 8387202,088 Recifes linha, mergulho L e mergulho182 496116,5804 8384040,969 Jaqueira do Duro L183 496126,4345 8384005,752 Bóia Porto Antigo L184 496203,0724 8383900,507 Serra do Ramo linha L185 496208,9242 8383303,164 Quebrada linha, arrasto AeL186 496299,3798 8381706,187 Lama de Fora arrasto A187 494884,306 8378618,684 Lama da Juerana arrasto A188 494706,6178 8377386,871 Lama da Juerana - PS arrasto A189 494667,9097 8375541,404 Lama da Conceição arrasto A192 497985,3416 8367162,383 Pedra de Ilhéus linha,lama L193 496349,6917 8365914,858 Bacia linha L200 500250,4035 8421904,003 Serra Grande comercialização Comércio201 495922,6004 8401016,759 Serra Grande comercialização Comércio204 493816,6662 8384906,664 Barra do Marinho Calão Calão
  • 43. IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS DAS ÁREAS DE PESCA (MARINHO) Coordenadas (UTM, Zona 24S, Datum SAD 69) Arrasto ou Ponto GPS Nome Atividade X (E) Y (N) Linha205 493668,3662 8386540,371 Lagoa da Ponta da Tulha Linha L99 509893 8363521 Cascalho Arrasto A95 501703 8366718 Cascalho do Velho Julho Arrasto A88 504126 8370620 Patacsé Linha, arrasto AeL90 505082 8367578 Mero Cortado Linha, arrasto AeL54 499761 8386314 Lagedo Linha, arrasto AeL103 496412 8367486 Bacia linha L39 495423 8383093 Pedra do Marinho mergulho, linha L e Mergulho40 497636 8382909 Pedra de Edi linha L41 498025 8384015 Sonda de Alemão linha L42 498773 8383554 Pedra de Zé Buraco linha L43 498593 8383923 Durinho linha L45 499341 8384015 Pedra de Chico linha L44 498923 8381834 Serrinha linha L46 499192 8381834 Durão linha L47 501017 8381189 Pedra da Mata Alta linha L48 501615 8381096 Pedra da Jaqueira linha L38 501885 8399745 Lage do Bento linha L61 502033 8380236 Pedra do Rego linha L49 501196 8379499 Sabaia linha L
  • 44. IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS DAS ÁREAS DE PORTOS (MARINHO) Coordenadas (UTM, Zona 24S, Datum SAD Pontos GPS 69) Nome Atividade Arrasto ou linha X (E) Y (E) 496930,1369 8362535,806160 Porto do Pontal desembarque AeL161 496093,7797 8363104,8 Porto do Cemitério estaleiro AeL162 495812,5572 8363893,637 Terminal Pesqueiro desmbarque AeL163 495867,1547 8365462,699 Porto da Prainha desembarque L180 495068,9793 8388000,022 Porto Molhado de Mamoã desembarque L, mergulho e rede194 493776,4916 8366859,62 Porto da Barra desembarque AeL195 494037,9101 8366935,455 Porto da Balsa desembarque AeL196 494201,6751 8366659,026 Porto do Pecém desembarque AeL197 494124,6872 8367018,735 Porto de São Miguel desembarque AeL198 494124,4436 8367018,717 Porto da Concha desembarque AeL199 500241,1637 8421902,047 Porto do Forte desembarque AeL202 496206,1601 8396929,078 Porto do Sobradinho desembarque L e rede de espera203 496039,2674 8393691,4 Porto da Ponta do Ramo desembarque L e rede de espera206 494682,1008 8388322,627 Porto de Mamoã desembarque L e rede de espera209 494173,0833 8386582,01 Porto da Ponta da Tulha desembarque L e rede de espera
  • 45. IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS DAS ÁREAS DE PESCA (CONTINENTAL) Coordenadas (UTM, Zona 24S, Datum SAD 69) Pontos GPS Nome Atividade Arrasto ou linha X (E) Y (E) 27 493457 8367622 Coroa da Cruz 29 493491 8367969 São Miguel 36 492957 8369856 São Domingos 37 493173 8369676 Iguape 39 492727 8370737 Fazenda Rosário 44 492956 8371608 Coroa da Cana 46 492782 8372105 Coroa da Cana 49 492209 8372876 Mangue da Água Boa 57 491914 8374715 Água Boa 67 491433 8377753 Coroa do Sobrado 72 491971 8376435 Coroa de Alberto 194 493776,5 8366860 Porto da Barra desembarque 195 494037,9 8366935 Porto da Balsa desembarque 196 494201,7 8366659 Porto do Pecém desembarque 197 494124,7 8367019 Porto de São Miguel desembarque 198 494124,4 8367019 Porto da Concha desembarque
  • 46. IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS DAS ÁREAS DE PORTOS (CONTINENTAL) Coordenadas (UTM, Zona 24S, Datum SAD 69) Pontos GPS Nome Atividade Arrasto ou linha X (E) Y (E) 26 493640 8367621 Porto de Clóvis 34 493068 8368985 Porto Ouvídio Leal 38 492758 8370518 Porto da Fazenda Rosário 42 492925 8371360 Porto do Iguape 45 492814 8371842 Porto Ton lavine 50 492077 8372995 Porto do Água Boa 68 491858 8378375 Porto das Pidonas 69 492038 8378485 Porto da Juerana 70 491092 8379145 Porto da Ilha do Quati 74 491960 8375821 Porto Aritaguá Pista 76 491833 8375733 Porto Aritaguá
  • 47. PRODUÇÃO DAS ÁREAS DE PESCA DA LAMA DA JUERANA E LAMA DACONCEIÇÃOEspécie Qualidade Quantidade do produtocamarão-rosa (Farfantepenaeus brasiliensis)e do sete-barbas (Xyphopenaeus kroyeri). Tempo Bom - inverno Tempo Tempo Bom - Verão Tempo ruim - Verão ruim - InvernoCaracterísticas das áreas de Pesca da Lama da Juerana e Lama da conceição na ADA Importância: Não são áreas prioritárias para pesca de camarão por terem profundidade abaixo de 30mPEIXES OBSERVADOS PELOS PESCADORES NAS PESCARIAS REALIZADAS NASÁREAS DE PESCA DO MAR DA ÁREA DE INFLUÊNCIA DO EMPREENDIMENTOPORTO SUL. Produto Pesqueiro ImportânciaCação-lixa (Gynglimostoma cirratum) 3Cação-tintureira (Galeocerdo cuvieri) 3Cação-frango (Rhizoprionodon spp.) 3Cação-martelo (Sphyrna spp.) 2Raia-elétrica (Narcine spp.) 3Raia-viola (Rhinobathus spp.) 3Raia-manteiga (Dasyatis spp.) 3Ubarana-rato (Elops saurus) 3Arraia pintada (Aetobatus narinari)Caramuru (Gymnothorax spp.) 4Moréia (Gymnothorax spp.) 4Moréia-pintada 4Mututuca 4Manjuba (Anchoviella spp.) 3Sardinha-maçambê (Opisthonema oglinum) 4Sardinha-xangó 4Sardinha-cascuda (Harengula clupeola) 4Bagre 4Bagre-fidalgo 4Bagre-bandeira (Bagre marinus) 4Bagre-amarelo 4Niquim (Thalassopyrna spp.) 4Peixe-morcego (Ogocephalus spp.) 4Agulhão (Strongylura spp.) 4Agulha-preta 4Pariviva não vendeJaguaraçá (Holocentrus adcensionis) sem valorCu-de-pinto 4Peixe-cachimbo sem valorCavalo-marinho (Hippocampus spp.) sem valorCabrinha (Trigla spp.) 2Robalo-barriga-mole (Centropomus parallelus) 1
  • 48. Produto Pesqueiro ImportânciaRobalo (Centropomus spp.) 1robalo-camurim (Centropomus undecimalis) 1Jabu (Cephalopholis fulva) 4Margarida (Diplectrum spp.) dificil ocorrer, sem valorMero-gato (Epinephelus adcensionis) 1Mero-canapu (Epinephelus itajara) 3 proibidoGaroupa-são-tomé (Epinephelus morio) 2Cherne (Polyprion americcanus) 1Badejo-quadrado (Mycteroperca bonaci) 1Badejo (Mycteroperca sp.) 1Mata-caboclo 3Peixe-sabão (Rypticus spp.) não prestaOlho-de-cão (Priacanthus spp.) 1Piranema (Priacanthus spp.) dificil ocorrerBom-nome (Malacanthus plumieri) IscaRêmora –pegador (Echeneis naucrates) só serve para remédioBejupirá (Rachycentrum canadus) 2Dourado (Coryphaena hyppurus) 2Guaricema (Caranx chrysos) 3Xaréu (Caranx hippos) 4Graçari / graçaim (Caranx latus) 3Xaréu-preto (Caranx lugubris) 3Palombeta (Oligopolites spp.) 3Guaibira 3Xixarro-olho-de-boi (Decapterus spp.) 3Peixe-galo (Selene vomer) IscaOlho-de-boi (Seriola spp.) 1Pampo- espinha-mole (Trachinotus spp.) 1Pampo- redondo (Trachinotus spp.) 1Pampo- galhudo (Trachinotus spp.) 1Saramonete-de-fundo 1Cioba (Lutjanus analis) 1Carapitanga (Lutjanu alexendrei) 3Boca-negra (Lutjanus bucanella) 1Dentão (Lutjanus jocu) 1Vermelho (Lutjanus spp.) 1Ariacó (Lutjanus synagris) 1Vermelho-do-olho-amarelo (Lutjanus vivanus) 1Guaiuba (Ocyurus chrysurus) 1Paramirim 3Carapicu-preto 4Carapicu (Eucinostomus spp.) 4Carapicu-branco (Eucinostomus spp.) 4Sargo (Anisotremus spp.) 4Sargo-de-beiço (Anisotremus surinamensis) 4
  • 49. Produto Pesqueiro ImportânciaRoncador-branco (Haemulon spp.) 3Quatinga (Haemulon aurolineatum) sem valorBiquara (Haemulon plumierii) Isca - olho de boi e meroRoncador-amarelo 3Cutupá 4Peixe-pena (Calamus pennatula) IscaBarbudo 3Mirucaia 4Pescada-amarela (Cynoscion acoupa) 1Pescada-branca (Isopisthus spp.) 1Pescada-dentão 1Pescada 1Pescadinha 3Boca-torta sem valorPapa-terra – corre-costa IscaCorvina 3Pescada-verdadeira 1grande 2pequenaCabeça-dura 4Conicosta corre-costa sem valorPiaba-do-mar sem valorFrade (Pomacanthus spp.) 4Pirajica / piraji 1Sargentinho (Abufdefduf saxatilis) sem valorBudião (Sparisoma spp., outras) sem valorBarbeiro (Acanthurus spp.) sem valorBarracuda (Sphyraena barracuda) 2Bicuda (Sphyraena picudilla) sem valorEspada (Trichurus lepturus) sem valorBonito/atum (Euthynnus spp.) 3Sororoca (Scomberomurus spp.) 2Cavala (Scomberomurus spp.) 2Albacora (Thunnus albacares) 2Jacumandá – jacundá sem valorLinguado (Paralichthys spp.) sem valorLíngua-de-mulata sem valorPeixe-porco (Balistes spp.) sem valorPeixe-cofre Taoca (Acanthostracion spp.) sem valorBaiacu sem valorBaiacu-pintado (Sphoeroides spp.) sem valorBaiacu-de-espinho (Diodon spp.) sem valorPeixe-lua (Mola mola) sem valor
  • 50. PRINCIPAIS PRODUTOS PESQUEIROS COM TEMPO BOM, MÉDIO E RUIM PARAPESCARIA Tempo de pesca Produto Pesqueiro Importância Bom Médio RuimCabrinha (Trigla sp.) Segunda inverno outono-primavera dez-marRobalo-barriga-mole Primeira maio-ago final do verão dez-mar(Centropomus parallelus)Robalo Primeira maio-ago mar-mai dez-mar(Centropomus spp.)Robalo-camurim-açu Primeira maio-ago outono-primavera dez-mar(Centropomus undecimalis)Mero-gato Primeira Sempre(Epinephelus adscensionis)Garoupa-são-tomé Segunda inverno outono-primavera Verão(Epinephelus morio)Cherne Primeira Inverno(Polyprion americanus)Badejo-quadrado Primeira Mai-set out-nov/abr dez-mar(Mycteroperca bonaci)Badejo Primeira Mai-set out-nov/abr dez-mar(Mycteroperca spp.)Bejupirá Segunda sempre(Rachycentrum canadus)Dourado Segunda verão outono-primavera Inverno(Coryphaena hyppurus)Olho-de-boi Primeira mar-mai jun-nov Verão(Seriola spp.)Pampo- espinha-mole Primeira Sempre(Trachinotus spp.)Pampo-redondo Primeira Sempre(Trachinotus spp.)Pampo- galhudo Primeira Sempre(Trachinotus spp.)Saramonete-de-fundo Primeira inverno outono-primavera Verão(Etelis oculatus)Cioba (Lutjanus analis) Primeira inverno outono-primavera VerãoBoca-negra Primeira inverno outono-primavera Verão(Lutjanus buccanella)Caranha Segunda inverno outono-primavera Verão(Lutjanus cyanopterus)Dentão Primeira inverno outono-primavera Verão(Lutjanus jocu)Vermelho Primeira inverno outono-primavera Verão(Lutjanus spp.)Ariacó Primeira inverno outono-primavera Verão(Lutjanus synagris)Vermelho-do-olho-amarelo Primeira inverno outono-primavera Verão(Lutjanus vivanus)Guaiuba Primeira inverno outono-primavera verão(Ocyurus chrysurus)Carapeba-rio(Diapterus sp. ou Eugerres Primeira verão outono-primavera invernosp.)Pescada-amarela Primeira verão outono-primavera inverno(Cynoscion acoupa)Pescada-branca Primeira verão outono-primavera inverno(Isopisthus sp.)Pescada-dentão Primeira verão outono-primavera invernoPescada Primeira verão outono-primavera invernoCangoá / curiman Segunda inverno outono-primavera verãoPirajica / piraji Primeira inverno outono-primavera verão
  • 51. Tempo de pesca Produto Pesqueiro Importância Bom Médio RuimBarracuda Segunda sempre(Sphyraena barracuda)Sororoca Segunda verão outono-primavera inverno(Scomberomorus spp.)Cavala Segunda verão outono-primavera Inverno(Scomberomorus sp.)Albacora Segunda verão outono-primavera Inverno(Thunnus alalunga)Obs: em cinza – recursos observados na área pela equipe de pesquisa
  • 52. TIPOS DE EMBARCAÇÃO MOTORIZADAS ENGAJADAS NA PESCA COSTEIRO-MARINHA DE ACORDO COM ACOMUNIDADE PESQUEIRA Tipo de embarcação tripulação tamanho potência do motor marca do motor consumo de óleo quantidade barco grande 5 >16 m 200 a 300 hp Scania, Cubson 30 a 35 L/h 2 barco médio 4 12,5 a 16 m 100 a 200 hp 4 a 6 cilindros Mercedes 225 L/dia 22,5 L/h 20 barco pequeno 3a2 8 a 12,5 m 18 a 28 hp Cumes 20 a 35 L/h 78PORTOS UTILIZADOS PELAS COMUNIDADES PESQUEIRAS QUE ATUAM AO LONGO DO RIO ALMADA Comunidade pesqueira Denominação do Porto Porto Pecém Porto da BalsaSão Miguel Porto de Clóvis Porto da Amendoeira Porto da BarraSede Municipal Porto Ouvídio LealRosário Mz Fazenda RosárioSão João Porto Ton LavignniÁgua Boa Porto água boa Porto AritaguáAritaguá Aritaguá – PistaCombo Porto do Combo Porto das PidonasJuerana Porto da JueranaJoia Porto Clube do JoiaSambaituba Porto SambaitubaUrucutuca Porto UrucutucaLagoa Encantada / Areias Porto Lagoa Encantada
  • 53. RESUMO DOS PORTOS E ATIVIDADE DESENVOLVIDA, COMUNIDADEPESQUEIRA QUE ATUA EM CADA PORTO E PRINCIPAIS TIPOS DEEMBARCAÇÕESComunidade Nome Atividade pesqueira Embarcação Porto do Pontal desembarque BP, BM, Baiteira Porto do Cemitério estaleiro BP, BM, BG, BaiteiraSede Terminal pesqueiro desembarque em construção Porto da Prainha desembarque Baiteira, Canoa Porto da Barra desembarque BP, BM, BG Porto da Amendoeira desembarque BP, BM, Canoa, Baiteira Porto da Balsa desembarque BP, BM, Canoa, BaiteiraSão Miguel Porto do Pecém desembarque BP, BM, Canoa, Baiteira Porto de São Miguel desembarque CanoaPonta da Tulha Porto da Ponta da Tulha desembarque BP Jangada, canoa, Barco motor de popaMamoã Porto do Mamoã desembarque BP Jangada, canoa, Barco motor de popaPonta do Ramo Porto da Ponta do Ramo desembarque Jangada, Barco motor de popa, barca, canoaSerra Grande Porto do Sobradinho desembarque Jangada Porto da Concha desembarque BP, canoa, baiteira, barco popaItacaré Porto do Forte desembarque BP, BMBP = barco pequeno, BM = barco médio e BG = barco grandeÁREAS DE PESCA DISTRIBUÍDAS AO LONGO DO RIO ALMADADENOMINAÇÃO DA ÁREA DE PESCABAIXO ESTUÁRIO MÉDIO ESTUÁRIO ALTO ESTUÁRIOPedra do Peão Mangue de São Domingos Coroa do SobradoPoço Mangue da Fazenda Rosário Coroa do CandombléCoroa da Cruz Coroa da Cana Coroa do CarlãoMangue de Clóvis Porto Ton Lavignni Coroa Arnaldo de BadaróMangue de São Miguel Mangue da água boa Ilha do QuatiMange do Iguape Coroa de Alberto Juerana Combo Clube do Jóia Sambaituba UrucutucaESQUEMA DA DISTRIBUIÇÃO DAS ÁREAS DE PESCA COM DENOMINAÇÃOGENERALIZADA NO TERRITÓRIO PESQUEIRO.Zona de ForaParede ou BeiradaLama de fora cascalho RegosLama de interior (lama) Recifes CoraisPraia
  • 54. ÁREAS DE PESCA COSTEIRAS OBSERVADAS NA ADA, AID e AIINome Atividade pesqueira ComunidadeLama do Iguape Arrasto Sede, Barra de São MiguelLama da Conceição Arrasto Sede, Barra de São MiguelPatacsé Linha Sede, Barra de São Miguel, Ponta da TulhaPedra da Conceição Linha Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoRego do Ventura Rede espera Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoRego da Barra nova Rede espera Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoMarissol Linha, Rede espera lagosta Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoPedra da Mata Alta Linha Ponta da Tulha, MamoãAs Tatibas Linha Ponta da Tulha, MamoãSupermercado Rede Lama e pedraPedra do Ramo Linha Ponta da TulhaRecifes Linha, Mergulho Ponta da Tulha, MamoãJaqueira do Duro Linha, Mergulho Ponta da Tulha, MamoãSerra do Ramo Linha Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoQuebrada Linha, Arrasto Ponta da Tulha, Mamoã, Ponta do RamoLama de Fora Arrasto Sede, Barra de São MiguelLama da Juerana Arrasto Sede, Barra de São MiguelLama da Conceição Arrasto Sede, Barra de São MiguelPedra de Ilhéus Linha, Lama Sede, Barra de São MiguelBacia Linha Sede, Barra de São MiguelBarra do Marinho Calão Ponta da TulhaLagoa da Ponta da Tulha Linha Ponta da TulhaCascalho Arrasto Sede, Barra de São MiguelCascalho do Velho Julho Arrasto Sede, Barra de São MiguelPatacsé Linha, Arrasto Sede, Barra de São MiguelMero Cortado Linha, Arrasto Sede, Barra de São MiguelLagedo Linha, Arrasto Ponta da TulhaBacia Linha SedePedra do Marinho Mergulho, Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra de Edi Linha Ponta da Tulha, MamoãSonda de Alemão Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra de Zé Buraco Linha Ponta da Tulha, MamoãDurinho Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra de Chico Linha Ponta da Tulha, MamoãSerrinha Linha Ponta da Tulha, MamoãDurão Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra da Mata Alta Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra da Jaqueira Linha Ponta da Tulha, MamoãLage do Bento Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra do Rego Linha Ponta da Tulha, MamoãSabaia Linha Ponta da Tulha, MamoãPedra Grande Linha Ponta da Tulha, Mamoã
  • 55. INSTITUIÇÕES E COLEGIADOS A SEREM PRIORIZADOS NA ELABORAÇÃO DE POLÍTICAS RELACIONADAS AO SETORPESQUEIRO Associação dos Pescadores da Barra Colônia de Pesca Z-19 Colônia de Pesca Z-34 Associação Beneficente da Ponta da Tulha e Mamoã Associação de catadeiras do Iguape