Your SlideShare is downloading. ×
TrêS Ilhas Dos AçOres
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

TrêS Ilhas Dos AçOres

1,841
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,841
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Três ilhas dos Açores São Miguel Terceira Pico
  • 2. Introdução
    • Este trabalho foi-nos proposto pelos docentes:
    • - Luís Arruda
    • - Margarida Cecília
    • - O objectivo deste trabalho é dar mais conhecimento à turma sobre as ilhas de S.Miguel, Pico e Terceira.
  • 3. São Miguel
    • O seu povoamento inicia-se em 1444, depois de o Infante D. Henrique ter mandado lançar gado em sete das ilhas do arquipélago. A sua capitania foi entregue a Gonçalo Velho, cavaleiro e frade da Ordem de Cristo. Os primeiros habitantes provieram das províncias da Estremadura, Alto Alentejo e Algarve, vindo juntar-se, mais tarde, madeirenses, judeus e mouros e, possivelmente, franceses (tradição presente no nome da freguesia da Bretanha).
    História:
  • 4. GASTRONOMIA
    • Caldeirada de peixe
    • Cozido das Furnas
    • Mariscos
    • Ananás
    • Queijos
    • Licores
    • Chá
    • Bolo Lêvedo
  • 5. Festividades
    • FESTA DO ESPÍRITO SANTO
    • É considerada a festa religiosa mais característica de toda a etnologia insular.
    • É festejada em todas as ilhas, embora divergindo em alguns pormenores de ilha para ilha e até dentro da própria ilha.
      • À volta de cada ilha todas as freguesias têm uma capela, chamada "Império", com a respectiva irmandade. São consideradas as festas religiosas mais características de toda a etnologia insular.
    • Localização: Todo o arquipélago Datas: De Maio a Setembro, com especial ênfase no 7º domingo depois da Páscoa Entidade responsável: Irmandades dos Espírito Santo
  • 6. Festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres
    • Realiza-se todos os anos na ilha de S. Miguel, no 5º Domingo da Páscoa, e tem a duração de três dias, nos quais a imagem do Senhor Santo Cristo é venerada, o que já acontece há mais de 400 anos, no convento da Esperança em Ponta Delgada. Além das manifestações religiosas que caracterizam estes dias festivos, há também manifestações culturais e desportivas.
    • Localização: Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel
    • Datas: 5º Domingo depois da Páscoa
    • Entidade responsável: Irmandade
    • Senhor Santo Cristo dos Milagres
  • 7. Locais a visitar
    • ILHÉU DE VILA FRANCA
    • Situado nas proximidades da Vila Franca do Campo, é uma Reserva Natural que dista cerca de 1km da costa, existindo transporte regular sobretudo no Verão para quem o queira visitar.
  • 8. FURNAS
    • Hidrópole universal, com uma lagoa rasgada por entre jardins e florestas que nos fazem lembrar os contos de embalar das nossas avós, de génios e fadas povoados, flores, muitas flores, água, águas minerais, termais, água que se recomenda para toda e qualquer maleita, que nos rejuvenesce e consola a alma.
  • 9. Terceira
    • História:
    • O povoamento inicia-se, cerca de 1450,com a concessão da sua capitania ao flamengo Jácome de Bruges pelo Infante D. Henrique .As primeiras povoações situam-se nas áreas de porto judeu e Praia da vitória, e em breve estendem-se por toda a ilha.
  • 10.
    • Alcatra de peixe
    • Alcatra de carne
    • Sopas do Espírito Santo
    • Queijos
    • Vinhos 
    GASTRONOMIA
  • 11. FESTIVIDADES
    • TOURADAS A CORDA
    • A tradição das touradas na Terceira remonta ao século XVI, quer pela abundância de gado nessa época (mais de 100.000 cabeças), quer pela origem dos primeiros povoadores de províncias com tradição tauromáquica e a posterior presença castelhana. É um espectáculo alegre e movimentado em que o touro tem os movimentos condicionados por uma corda, que é controlada por um grupo de homens.
    • Localização: Ilha Terceira
    • Datas: Maio a Outubro
    • Entidade responsável: Comissão de festas
  • 12. FESTAS DA PRAIA
    • Celebração da elevação da Vila da Praia a cidade, onde se destacam a feira de gastronomia com presença de diversas regiões de Espanha, touradas, exposições e concertos musicais. Integram-se ainda no programa diferentes actividades desportivas associadas directamente com a actividade náutica.
    • Localização: Cidade da Praia da Vitória
    • Datas: 4 a 10 de Agosto
    • Entidade responsável: Comissão de festas
  • 13. Locais a visitar
    • CENTRO HISTÓRICO DA CIDADE DE ANGRA DO HEROÍSMO
    • Em 1983 Angra do Heroísmo, principal centro urbano da Terceira, foi classificada como Património Mundial pela UNESCO. Sugere-se passeio a pé pelo centro histórico.
  • 14. ALGAR DO CARVÃO
    • Situado no interior da Ilha Terceira - Caldeira Guilherme Moniz, corresponde a uma chaminé vulcânica, não totalmente preenchida pela lava. No interior as paredes e tecto da abóbada estão cobertas com estalactites de sílica e no chão formam-se estalagmites.
  • 15. Pico
    • HISTÓRIA:
    • O seu povoamento iniciou-se cerca de 1460 com naturais do Norte de  Portugal.
    • Inicialmente  voltada para a cultura do trigo e um pouco para a exploração do pastel, planta tintureira exportada para a Flandres, em breve a população dedica-se também à cultura da vinha e à pesca. Em 1723 a Madalena  é elevada a vila, confirmando a sua importância económica como porto de ligação com o Faial, por onde se realiza o comércio  com o exterior, e também como local de residência dos proprietários dos imensos vinhedos da zona, já então produtora de  vinho. A presença dos baleeiros americanos nas águas dos Açores desde o final do séc. XVIII introduz um novo pólo de actividade na  ilha – a caça do cachalote – que representou, durante anos, uma importante fonte de riqueza para a ilha.
  • 16. GASTRONOMIA
    • Sopas do Espírito Santo
    • Linguiça com inhames
    • Molha de carne
    • Caldo de peixe
    • Mariscos
    • Arroz doce
    • Queijo
    • Vinhos
    • Aguardente
    • Licores
    • Bolo de milho
    • Bolo de vésperas
    • Rosquilhas
  • 17. Festividades
    • FESTA DAS VINDIMAS
    • Acontecimento relacionada com a apanha da uva, com vista à produção de vinho.
    • Localização: Por toda a ilha Datas: Setembro Entidade responsável: Comissões de festas
  • 18. SEMANA DOS BALEEIROS
    • Acontecimento relacionado com a actividade baleeira que durante muitos anos foi uma das principais actividades económicas dos Açores. Esta festa pretende ser uma homenagem a todos quantos desempenharam esta actividade.
    • Localização: Lajes
    • Datas: 20 a 26 de Agosto
    • Entidade responsável: Comissão de festas
  • 19. Locais a visitar
    • VILA DAS LAJES Centro de tradição baleeira, a vila das Lajes tem um conjunto de casas antigas e varandas que patentiam um passado de opulência. Aqui pode visitar o Museu do Baleeiro, ex-libris da vila e que retrata a actividade da baleação no seu passado.
  • 20. MONTANHA DO PICO
    • Majestoso vulcão que domina a ilha com os seus 2.351m de altitude, coroado pelo Pico Grande, cratera arredondada com cerca de 700m de perímetro e profundidade que atinge os 30m. Numa extremidade da cratera o cone vulcânico do Piquinho, ou Pico Pequeno com cerca de 70m de altura, de cuja base emanam fumarolas, constitui o cume da cratera. A subida ao Pico é possível sempre que acompanhado por guia local.
  • 21. Conclusão
    • Gostamos muito de fazer este trabalho e aprendemos muito sobre estas 3 ilhas maravilhosas e demos a conhecer mais aos nossos colegas sobre as ilhas São Miguel, Terceira e Pico.
  • 22. Bibliografia
    • http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/menus/topocima/azores/?lang=pt&area=ct