PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Diretrizes de Projeto Julho 2011
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO "O objetivo dessa conservação está, na verdade, em podermos  consagrar o qu...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ESTUDO PRELIMINAR O REFEITÓRIO E O PLANO O  Plano Diretor  do Parque Tecnológico...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO O Refeitório , para que não atinja um estado de ruína completa, deve ser objeto ...
 
 
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>CONSERVAÇÃO OU INVENÇÃO... uma redescoberta de valores. </li></ul><ul><l...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>NORMAS E RECOMENDAÇÕES DE CARTAS PATRIMONIAIS </li></ul><ul><li>O patrim...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Otimização de conceito...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Exposição parcial do t...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES C.  Recobrimento de todo o telhamento original c...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Espaço da antiga cozin...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES F. Ocupação imediata de parte do Refeitório junt...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES H. Sugestão de interrupção temporária de interve...
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Refeitório D Refeitório B
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Refeitório A Exterior Refeitório C
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Cozinha Despensa
ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Acesso Ref. D Docas
 
EVENTOS RESTAURANTE CULTURAL
 
 
 
 
 
 
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Referenciais
Tate Modern Galery, Londres, Inglaterra – Arqs. Herzog & De Meuron PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Tate Modern Galery, Londres, Inglaterra – Arqs. Herzog & De Meuron
Caixa Forum, Barcelona, Espanha – Arqs. Isozaki, Asarta, Luna & Brufau PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Caixa Forum, Barcelona, Espanha – Arqs. Isozaki, Asarta, Luna & Brufau
Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Auditorium Paganini,  Parma, Itália – Arq. Renzo Piano
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Auditorium Paganini,  Parma, Itália – Arq. Renzo Piano
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Capela Nossa Sra. Da Conceição, Recife, Brasil – Arq. Paulo Mendes da Rocha
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Capela Nossa Sra. Da Conceição, Recife, Brasil – Arq. Paulo Mendes da Rocha
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO &quot; Ninguém transformou nada . Encontramos uma fábrica com uma estrutura belíssima, arquitetoni...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

REF EP Proposta

875

Published on

Apresentação de Nova Proposta de Usos para o Antigo Refeitório de Itaipu.

Published in: Design, Technology, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
875
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

REF EP Proposta

  1. 1. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Diretrizes de Projeto Julho 2011
  2. 2. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO &quot;O objetivo dessa conservação está, na verdade, em podermos consagrar o que seria esse espaço no que ele representou e colocar em destaque as qualidades físicas que vão permitir com que esse processo seja revisitado permanentemente pela história, neste momento e no futuro &quot;. arq. Sandra Maria Favaro Barella (consultora 3C)
  3. 3. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ESTUDO PRELIMINAR O REFEITÓRIO E O PLANO O Plano Diretor do Parque Tecnológico Itaipu, baseado nos conceitos gerais, prevê a setorização , definição de fluxos, densidades, diretrizes para tratamento dos espaços abertos e diretrizes para as edificações. O Plano define as características gerais e a diretrizes específicas que devem ser desenvolvidas pelos projetos de implantação das soluções apontadas . A adequação e requalificação do Refeitório é um destes importantes projetos. PLANTA GERAL DO PLANO DIRETOR Nova localização do Refeitório, no Setor Refeitório
  4. 4. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO O Refeitório , para que não atinja um estado de ruína completa, deve ser objeto de intervenção imediata , aproveitando seu enorme potencial espacial, arquitetônico e histórico para transformá-lo em um “gerador de energia” para a cultura da região. O Refeitório ainda simboliza a história de Itaipu , local de uso diário e intensivo e de convivência durante a construção da Usina. O caráter fundamental para as atividades desta edificação é a cultura e a educação. O Refeitório deve ser o lugar propagador de conhecimento , o lugar de disseminação de identidade da comunidade da fronteira, o lugar da exposição das riquezas culturais e humanas da região. Pólo atrator de turismo cultural. (Plano Diretor do PTI, 2008, p.26)
  5. 7. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>CONSERVAÇÃO OU INVENÇÃO... uma redescoberta de valores. </li></ul><ul><li>Sobre originalidades: </li></ul><ul><li>Sobre possíveis valores: </li></ul><ul><li>Acervo documental: </li></ul><ul><li>Sobre referenciais teóricos: </li></ul><ul><ul><li>(...) consolidar a noção de que a obra de intervenção a ser proposta em futuro projeto de Restauração do Refeitório considere o monumento em questão como uma “obra aberta” no sentido de que seja abordada como e configure uma unidade , ou um complexo artístico historicamente definido, uma vez que os monumentos, enquanto produtos culturais “serão sempre atualizados em seus significados, permanentemente atualizados pelo olhar de quem os vê e pelas culturas que os interpretam.” </li></ul></ul>
  6. 8. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>NORMAS E RECOMENDAÇÕES DE CARTAS PATRIMONIAIS </li></ul><ul><li>O patrimônio industrial é valor tecnológico e científico na história da manufatura, engenharia, construção , e pode ter considerável valor estético pela qualidade de sua arquitetura, design ou planejamento. </li></ul><ul><li>Raridades em termos de sobrevivência de processos particulares, tipologias de sítios e paisagens, adicionam valor particular e serão acessados cuidadosamente. Exemplos primitivos e pioneiros são de valor especial . </li></ul><ul><li>Toma-se de documentos, em especial, as noções de que: </li></ul><ul><ul><li>“ A Restauração tem por objetivo conservar e revelar os valores estéticos e históricos do monumento e fundamenta-se no respeito ao material original e aos documentos autênticos. Termina onde começa a hipótese.” (UNESCO, ICOMOS, 1964) </li></ul></ul><ul><ul><li>“ A Restauração deve conseguir restabelecer a unidade da obra de arte até quanto seja possível alcançá-la, sem cometer uma falsificação histórica e sem apagar as marcas adquiridas pelo tempo ”. (BRANDI, 1963). </li></ul></ul>
  7. 9. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Otimização de conceito distributivo do sistema de infra-estrutura do tipo pavimento técnico que acompanha todo o conjunto edificado e funciona como condutor de ramais de diferentes recursos técnicos, assentado em plano superior ao pavimento do piso térreo interrompido por caixas de inspeção viabilizadoras de permanentes espaços de manutenção e controle independentes das estruturas portantes da cobertura. </li></ul>
  8. 10. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Exposição parcial do tesouramento do telhado a fim de possibilitar apreciação da técnica construtiva tradicional, a aplicação dos tipos de madeira provavelmente extintos ali utilizados, e ainda possibilite obter eventuais aberturas de iluminação zenital , com planos elevados da cobertura original, em pontos menos favorecidos pela luz ou com necessidade de destaque interno. </li></ul>
  9. 11. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES C. Recobrimento de todo o telhamento original com sobre-telhado que requalifique termicamente o sistema e ainda possibilite a apreciação das telhas metálicas originais e a inserção de novo sistema de calhas, algeroses e tubos de queda de recolhimento de águas pluviais interrompendo a precariedade do sistema devido aos constantes entupimentos e/ou constantes transbordamentos.
  10. 12. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO <ul><li>POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES </li></ul><ul><li>Espaço da antiga cozinha abordado como espaço museografado de visitação a acervo permanente de dados documentais , imagens e simulações de cenas do cotidiano e de utilização original do espaço, aos moldes de museu de ambiência; </li></ul><ul><li>Utilização de compartimentos enclausurados como salas de projeção temáticas; </li></ul>
  11. 13. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES F. Ocupação imediata de parte do Refeitório junto ao bloco de acesso leste a fim de explorar as melhores condições de originalidade e acessibilidade na implantação de novo restaurante ; G. Conservação das peças cerâmicas de pisos, forros, paredes e esquadrias originais , mesmo que seja inserido sistema de condicionamento ambiental artificial que permita dispensar sua articulação original.
  12. 14. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO POTENCIALIDADES E RECOMENDAÇÕES H. Sugestão de interrupção temporária de intervenções de manutenção, reformas e limpezas a fim de que não sejam suprimidos quaisquer vestígios ou suportes materiais a serem diagnosticados e conservados no processo de requalificação do complexo.
  13. 15. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Refeitório D Refeitório B
  14. 16. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Refeitório A Exterior Refeitório C
  15. 17. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Cozinha Despensa
  16. 18. ESTUDO PRELIMINAR PROPOSTA DE INTERVENÇÃO 2008 2011 Acesso Ref. D Docas
  17. 20. EVENTOS RESTAURANTE CULTURAL
  18. 27. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Referenciais
  19. 28. Tate Modern Galery, Londres, Inglaterra – Arqs. Herzog & De Meuron PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
  20. 29. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Tate Modern Galery, Londres, Inglaterra – Arqs. Herzog & De Meuron
  21. 30. Caixa Forum, Barcelona, Espanha – Arqs. Isozaki, Asarta, Luna & Brufau PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
  22. 31. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Caixa Forum, Barcelona, Espanha – Arqs. Isozaki, Asarta, Luna & Brufau
  23. 32. Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos PROPOSTA DE INTERVENÇÃO
  24. 33. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos
  25. 34. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Biblioteca, Huelva, Espanha – Donaire Arquitectos
  26. 35. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Auditorium Paganini, Parma, Itália – Arq. Renzo Piano
  27. 36. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Auditorium Paganini, Parma, Itália – Arq. Renzo Piano
  28. 37. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Capela Nossa Sra. Da Conceição, Recife, Brasil – Arq. Paulo Mendes da Rocha
  29. 38. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Capela Nossa Sra. Da Conceição, Recife, Brasil – Arq. Paulo Mendes da Rocha
  30. 39. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
  31. 40. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
  32. 41. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
  33. 42. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO The Mint, Sydney, Australia – Francis-Jones Morehen Thorp
  34. 43. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
  35. 44. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
  36. 45. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
  37. 46. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
  38. 47. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO Urban Outfitters Campus, Philadelphia, Estados Unidos – Meyer, Scherer & Rockcastle
  39. 48. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO &quot; Ninguém transformou nada . Encontramos uma fábrica com uma estrutura belíssima, arquitetonicamente importante, original, ninguém mexeu ... O desenho da arquitetura do Centro de Lazer Fábrica da Pompéia partiu do desejo de construir uma outra realidade .&quot; Lina Bo Bardi (sobre o SESC Pompéia)

×