Your SlideShare is downloading. ×
ARTIGO
REDAÇÃO WEB
SOBRE ESSE ARTIGO
SOBRE ESSE ARTIGO
 Com a crescente inclusão digital e a digitalização
dos meios de comunicação, mais pessoas estão
navega...
SOBRE ESSE ARTIGO
 Como publicitário e profissional da área de web,
tenho vivenciado algumas situações inusitadas e
que m...
SOBRE ESSE ARTIGO
 Algumas diretrizes para Redação Web é o que
desejo compartilhar agora com você.
05
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
 Quem nunca recebeu por e-mail, ppts com infinitas
telas cheias de textos, ou aqueles e-ma...
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
 Escrever para internet, me refiro a blogs ou sites
corporativos, é diferente de escrever ...
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
 Outro exemplo clássico é o de editoras ou autores
que publicam na web o texto corrido de ...
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
1. os usuários de internet tendem a realizar mais de
uma tarefa à frente do computador, sen...
FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
3. o uso de imagens como gráficos, infográficos,
tabelas, fotografias, ícones, logotipos ou...
DICAS!
DICA PARA MELHORAR A LEITURA DE SEUS TEXTOS:
 reescreva seus textos feitos para meios impressos.
 seja objetivo. Faça re...
MECANISMOS DE BUSCA
MECANISMOS DE BUSCA
 Aparecer na internet é uma questão de vida ou
morte para os negócios de algumas empresas e
até mesmo...
MECANISMOS DE BUSCA
 Só o fato de escrever de forma adequada à web
não garante que você estará bem posicionado nos
sites ...
MECANISMOS DE BUSCA
 É importante destacar que não existe fórmula
mágica pra escrever textos otimizados para
mecanismos d...
MECANISMOS DE BUSCA
 Textos corridos, sem quebra de parágrafos e sem
objetividade não são bem indexados por
mecanismos de...
DICAS!
DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:
 organize suas idéias em tópicos, assim fica mais
fácil desenvolver o raciocínio na hora...
DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:
 defina palavras-chave para seu texto e explore-as
no decorrer da escrita.
 não utilize...
DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:
 utilize efeitos visuais como itálico, negrito,
subtítulos, etc.
 evite palavras em CAI...
DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:
 evite exagerar nos itens citados. Todo excesso é
prejudicial.
23
RELEASES
RELEASES
 Se você é um blogueiro ou trabalha com
assessoria de imprensa, já deve ter recebido um
release ou os recebe com...
RELEASES
 Não é obrigação do pessoal de marketing liberar
release com texto ajustado para a internet. Cabe
ao blogueiro o...
RELEASES
 Se o release digital ou texto impresso for em inglês
ou outro idioma, não confie nos tradutores web.
Eles nem s...
RELEASES
 Recomendo reescrever o release digital ou texto
impresso, preservando a idoneidade da informação
e claro, sempr...
COERÊNCIA E COESÃO
COERÊNCIA E COESÃO
 Uma vez um cliente me perguntou se o texto de um
site pode ser coerente, mas não ser coeso ou vice-
v...
COERÊNCIA E COESÃO
 Se você tem vários textos e precisar colocá-los em
um blog ou site de produto, vale à pena investir
t...
WEBWRITING
WEBWRITING
 Muita gente faz confusão achando que redação
web e webwriting é a mesma coisa, mas não é.
Esse artigo não é s...
WEBWRITING
 Aconselho a leitura do texto de Bruno Rodrigues
sobre Webwriting. Bruno é autor do livro
“Webwriting” e edito...
ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA
ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA
 Apesar da preocupação em desenvolver sites
acessíveis à deficientes visuais ser atribu...
ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA
 Os leitores de tela para deficientes visuais são
softwares projetados para emitir sina...
ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA
 Se você costuma escrever textos corridos, sem
quebra de parágrafos, com excesso de pon...
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS
AUTORAIS
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
 A internet acostumou as pessoas a terem atitudes
que colocam em cheque questõe...
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
 Copiar conteúdo de terceiros sem fazer referência
é uma prática cada vez mais ...
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
 Ao contrario do que muita gente pensa, a Lei
Brasileira de Direitos Autorais -...
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
 Quem copia textos impressos para a internet ou se
apropria indevidamente de co...
ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
 Se você é blogueiro ou profissional da área, deve
estar atento às questões éti...
DICAS!
DICAS PRA QUEM É BLOGUEIRO OU ESCREVE PRA WEB:
 caso seja necessário copiar um texto de terceiro,
coloque referências e c...
DICAS PRA QUEM É BLOGUEIRO OU ESCREVE PRA WEB:
 imagens: coloque sempre legenda com menção à
fonte.
 redobre a atenção s...
RECAPITULANDO
RECAPITULANDO
 Transmita sua mensagem com textos objetivos e
parágrafos curtos.
 Explore o uso de imagens e elementos gr...
RECAPITULANDO
 Reescreva os releases que receber e não confie
100% nos tradutores web.
 Redação web não é a mesma coisa ...
RECAPITULANDO
 Nunca dispense a ética e boas práticas.
50
BIBLIOGRAFIA
 Webwriting - http://webinsider.uol.com.br/2005/03/06/o-que-e-
webwriting/
 Leitores de tela - http://pt.wi...
ALESSANDRO RODRIGUES
São Paulo – SP – Brasil
Coordenador de planejamento web e editor de blogs
www.alessandrorodrigues.net
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Redação web

769

Published on

Nesse artigo compartilho algumas diretrizes para Redação Web.

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
769
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Redação web"

  1. 1. ARTIGO REDAÇÃO WEB
  2. 2. SOBRE ESSE ARTIGO
  3. 3. SOBRE ESSE ARTIGO  Com a crescente inclusão digital e a digitalização dos meios de comunicação, mais pessoas estão navegando na internet e tendo acesso à tecnologias que têm mudado a forma como a informação é procurada e exibida. O jeito como as pessoas consomem informação mudou e isso não é novidade pra ninguém. 03
  4. 4. SOBRE ESSE ARTIGO  Como publicitário e profissional da área de web, tenho vivenciado algumas situações inusitadas e que me levaram a compartilhar parte do conhecimento adquirido sobre escrita para a web com foco em mecanismos de busca. 04
  5. 5. SOBRE ESSE ARTIGO  Algumas diretrizes para Redação Web é o que desejo compartilhar agora com você. 05
  6. 6. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA
  7. 7. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA  Quem nunca recebeu por e-mail, ppts com infinitas telas cheias de textos, ou aqueles e-mails “corrente” com longos e massivos textos ou ainda navegou em sites com textos longos e cansativos? 07
  8. 8. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA  Escrever para internet, me refiro a blogs ou sites corporativos, é diferente de escrever para meios impressos. Textos longos e com parágrafos extensos não agradam aos usuários e não combinam com o dinamismo da internet. Já me deparei com situações em que empresas simplesmente copiam e colam o texto do manual do produto em seu site, sem adaptar para a web. 08
  9. 9. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA  Outro exemplo clássico é o de editoras ou autores que publicam na web o texto corrido de um livro ou alguma publicação impressa, ou ainda escolas que colocam na web o texto de uma brochura com descritivo de um curso.  Textos de internet não podem ser copy e paste de publicações impressas por três motivos básicos: 09
  10. 10. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA 1. os usuários de internet tendem a realizar mais de uma tarefa à frente do computador, sendo assim a chance de você “prender a atenção” do usuário é única. 2. a diagramação e formatação dos textos impressos nem sempre são com compatíveis com os meios digitais. Tipografia, tamanho e cores são fatores que influenciam a leitura na internet. 10
  11. 11. FATORES PREJUDICIAIS A LEITURA 3. o uso de imagens como gráficos, infográficos, tabelas, fotografias, ícones, logotipos ou ilustrações também é um fator importante. É comum encontrar na internet imagens digitalizadas (escaneadas) e com baixa definição. 11
  12. 12. DICAS!
  13. 13. DICA PARA MELHORAR A LEITURA DE SEUS TEXTOS:  reescreva seus textos feitos para meios impressos.  seja objetivo. Faça resumos e, se for o caso, disponibilize o conteúdo do material impresso para download.  imagens devem ser utilizadas para complementar ou ilustrar o texto ou seu sentido. Sempre que possível utilize imagens com boa resolução e definição, pois a internet é visual e explorar elementos visuais ajuda na persuasão. 13
  14. 14. MECANISMOS DE BUSCA
  15. 15. MECANISMOS DE BUSCA  Aparecer na internet é uma questão de vida ou morte para os negócios de algumas empresas e até mesmo para quem quer divulgar seu trabalho, mesmo que informalmente.  Estar bem posicionado nos sites de busca como Google, Yahoo, Bing, etc., não é algo que acontece da noite para o dia, exige muito trabalho e o mínimo de conhecimento técnico. 15
  16. 16. MECANISMOS DE BUSCA  Só o fato de escrever de forma adequada à web não garante que você estará bem posicionado nos sites de busca, pois o critério de ranqueamento de um site é definido com base em diversas variáveis. A escrita é apenas uma delas. 16
  17. 17. MECANISMOS DE BUSCA  É importante destacar que não existe fórmula mágica pra escrever textos otimizados para mecanismos de busca. Existem sim algumas “regras” básicas, e se você se preocupar em tornar seus textos mais agradáveis aos usuários, conseqüentemente estará favorecendo a indexação aos mecanismos de busca. O foco deve ser sempre o usuário, o resultado na busca é conseqüência. 17
  18. 18. MECANISMOS DE BUSCA  Textos corridos, sem quebra de parágrafos e sem objetividade não são bem indexados por mecanismos de busca. Se sua intenção é aparecer na web, você precisará otimizar seus textos e mudar a forma como escreve. 18
  19. 19. DICAS!
  20. 20. DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:  organize suas idéias em tópicos, assim fica mais fácil desenvolver o raciocínio na hora de escrever e conseqüentemente orientar a leitura ao usuário.  utilize títulos chamativos e criativos. O título pode arruinar seu texto, por mais legal que ele seja. Um título criativo pode despertar a atenção do usuário e estimular a leitura. 20
  21. 21. DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:  defina palavras-chave para seu texto e explore-as no decorrer da escrita.  não utilize texto corrido (sem parágrafos).  seja objetivo e utilize parágrafos não muito longos.  os dois primeiros parágrafos são os mais importantes para os mecanismos de busca. 21
  22. 22. DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:  utilize efeitos visuais como itálico, negrito, subtítulos, etc.  evite palavras em CAIXA ALTA (letra maiúscula).  evite o excesso no uso de pontuação e acentuação (vírgulas, exclamações e pontos de interrogação, por exemplo). 22
  23. 23. DICAS PARA OTIMIZAR SEUS TEXTOS:  evite exagerar nos itens citados. Todo excesso é prejudicial. 23
  24. 24. RELEASES
  25. 25. RELEASES  Se você é um blogueiro ou trabalha com assessoria de imprensa, já deve ter recebido um release ou os recebe com freqüência.  É muito comum ver o pessoal de assessoria de imprensa e blogueiros copiando textos de releases em seus sites. Se você quiser se destacar e ser relevante, faça diferente. Leia o release e reescreva-o! 25
  26. 26. RELEASES  Não é obrigação do pessoal de marketing liberar release com texto ajustado para a internet. Cabe ao blogueiro ou assessor de imprensa que vai repassar a informação em um site, ler o release e adaptá-lo às suas necessidades. 26
  27. 27. RELEASES  Se o release digital ou texto impresso for em inglês ou outro idioma, não confie nos tradutores web. Eles nem sempre traduzem textos perfeitamente. Se seu site for corporativo ou de divulgação de algum produto, vale a pena contratar um tradutor. 27
  28. 28. RELEASES  Recomendo reescrever o release digital ou texto impresso, preservando a idoneidade da informação e claro, sempre colocar os créditos do texto original. 28
  29. 29. COERÊNCIA E COESÃO
  30. 30. COERÊNCIA E COESÃO  Uma vez um cliente me perguntou se o texto de um site pode ser coerente, mas não ser coeso ou vice- versa? A resposta foi, sim!  Isso acontece quando o texto é montado com cópia de diversas partes de outros textos prontos. É comum acontecer isso em textos técnicos, descritivo de produtos, e outros materiais impressos que precisam ir para a web. 30
  31. 31. COERÊNCIA E COESÃO  Se você tem vários textos e precisar colocá-los em um blog ou site de produto, vale à pena investir tempo pra escrever um novo texto baseado nos que já existem. 31
  32. 32. WEBWRITING
  33. 33. WEBWRITING  Muita gente faz confusão achando que redação web e webwriting é a mesma coisa, mas não é. Esse artigo não é sobre webwriting, mas quis comentar só pra reforçar as principais diferenças.  Redação web é o que abordo nesse artigo. Webwriting é um tema mais amplo e inclui a distribuição da informação utilizando um conjunto de técnicas que incluem os diversos elementos do conteúdo. Por exemplo, ícone, foto, filme, som, elementos gráficos e texto. 33
  34. 34. WEBWRITING  Aconselho a leitura do texto de Bruno Rodrigues sobre Webwriting. Bruno é autor do livro “Webwriting” e editor do site Webinsider.  http://webinsider.uol.com.br/2005/03/06/o-que-e- webwriting/ 34
  35. 35. ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA
  36. 36. ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA  Apesar da preocupação em desenvolver sites acessíveis à deficientes visuais ser atribuição dos webmasters ou gerentes de projetos web, esse é um fator importante e que poucos editores levam em consideração quando desenvolvem seus textos ou os publicam na web. 36
  37. 37. ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA  Os leitores de tela para deficientes visuais são softwares projetados para emitir sinais sonoros mediante resposta de computador. O objetivo dos softwares leitores de tela é dar conforto ao portador de deficiência e fluidez na navegação web e demais tarefas realizadas no computador. 37
  38. 38. ACESSIBILIDADE | LEITORES DE TELA  Se você costuma escrever textos corridos, sem quebra de parágrafos, com excesso de pontuação ou uso excessivo de CAIXA ALTA, lembre-se que pessoas com deficiência visual podem acessar seu site e ter uma experiência ruim de navegação. 38
  39. 39. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS
  40. 40. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS  A internet acostumou as pessoas a terem atitudes que colocam em cheque questões éticas, como por exemplo, copiar imagens, textos, áudio, etc., sem fazer referência aos autores ou detentores de direitos autorais. 40
  41. 41. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS  Copiar conteúdo de terceiros sem fazer referência é uma prática cada vez mais comum em blogs. Tem gente que defende tal prática e outros que condenam. Eu sou a favor de conteúdo original, credibilidade e honestidade. A integridade da blogosfera tem se perdido à medida que o lucro e ganhos com publicidade tomaram a frente da ética. 41
  42. 42. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS  Ao contrario do que muita gente pensa, a Lei Brasileira de Direitos Autorais - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998 – tem vigência no mundo online, assim como no mundo físico. 42
  43. 43. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS  Quem copia textos impressos para a internet ou se apropria indevidamente de conteúdo de terceiros, como imagens ou algum tipo de conteúdo disponibilizado na internet, está infringindo a lei. Conheço pessoas que já tiveram problemas com isso na internet. 43
  44. 44. ÉTICA E BOAS PRÁTICAS | DIREITOS AUTORAIS  Se você é blogueiro ou profissional da área, deve estar atento às questões éticas e às boas práticas quando fizer uso de outros textos da internet. 44
  45. 45. DICAS!
  46. 46. DICAS PRA QUEM É BLOGUEIRO OU ESCREVE PRA WEB:  caso seja necessário copiar um texto de terceiro, coloque referências e cite fontes, isso demonstra credibilidade.  nunca, jamais, em hipótese alguma se aproprie de textos e outros conteúdos que não são seus. Seja texto traduzido ou reescrito, sempre cite a fonte original. 46
  47. 47. DICAS PRA QUEM É BLOGUEIRO OU ESCREVE PRA WEB:  imagens: coloque sempre legenda com menção à fonte.  redobre a atenção se você trabalha com conteúdo institucional para não prejudicar a imagem da empresa ou empresas que representar. 47
  48. 48. RECAPITULANDO
  49. 49. RECAPITULANDO  Transmita sua mensagem com textos objetivos e parágrafos curtos.  Explore o uso de imagens e elementos gráficos ou visuais.  Mantenha o foco no usuário, pois o bom posicionamento nos mecanismos de busca será conseqüência. 48
  50. 50. RECAPITULANDO  Reescreva os releases que receber e não confie 100% nos tradutores web.  Redação web não é a mesma coisa que webwriting.  Preocupe-se com acessibilidade ao escrever seus textos. 49
  51. 51. RECAPITULANDO  Nunca dispense a ética e boas práticas. 50
  52. 52. BIBLIOGRAFIA  Webwriting - http://webinsider.uol.com.br/2005/03/06/o-que-e- webwriting/  Leitores de tela - http://pt.wikipedia.org/wiki/Leitor_de_tela 51
  53. 53. ALESSANDRO RODRIGUES São Paulo – SP – Brasil Coordenador de planejamento web e editor de blogs www.alessandrorodrigues.net

×