Your SlideShare is downloading. ×
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
PILARES CANCIONEIROS
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

PILARES CANCIONEIROS

1,229

Published on

PILARES CANCIONEIROS

PILARES CANCIONEIROS

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,229
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
    • A música nativa gaúcha está repleta de
    • bons compositores e intérpretes,
    • alguns conhecidíssimos há mais de trinta anos.
    • Ultimamente, porém, temos assistido
    • um grande número de verdadeiras bobagens.
    • Alguns compositores e principalmente os
    • chamados grupos “tchê” andam
    • exagerando no apelo sexual e na
    • baixaria lingüística.
  • 2.
    • Existem, e ainda bem, gente que se preocupa
    • com o esmero e a beleza da verdadeira poesia.
    • Um desses nomes é Miro Saldanha
    • onde encontramos em recente trabalho,
    • verdadeiras jóias de composições.
  • 3. Entre as músicas escritas e interpretadas destaca-se, a meu ver, a música Pilares que aborda a decadência das relações familiares e morais. Vale a pena ouvir.
  • 4.  
  • 5. P i l a r e s
  • 6. PERDÃO, SE SÓ TE PROCURO QUANDO ME ENCONTRO EM DESGRAÇA! MAS RECONDUZ NOSSA RAÇA AOS VALORES DO INÍCIO. PARA QUE O TEU SACRIFÍCIO NÃO TENHA SIDO DE GRAÇA! SENHOR DOS CÉUS E DA TERRA, FONTE DO AFETO MAIS PURO
  • 7. PAI, VIM CONHECER TUA MORADA; ME RENOVAR NA TUA PROTEÇÃO; VIM SEGUINDO OS TEUS PASSOS PELA ESTRADA, COM A ALMA NO OLHAR, CHAPÉU NA MÃO.
  • 8. MEU SANGUE TEM O SANGUE DOS CAUDILHOS; MEU MUNDO FOI O LOMBO DE UM CAVALO! MAS ESSE MUNDO NOVO É O DOS MEUS FILHOS E, SENDO PAI, BEM SABES DO QUE FALO.
  • 9. O HOMEM, POR SER LIVRE, CRIOU ASAS E FEZ DA LIBERDADE UMA PRISÃO;
  • 10. TÁ TUDO ERRADO, PAI, CAIU A CASA! POR ISSO EU VIM TE ABRIR MEU CORAÇÃO.
  • 11. ME AJUDA PAI! QUERO CRIAR MEUS FILHOS DO JEITO QUE MEU PAI CRIOU A MIM! ME ENSINA A VENCER TANTOS EMPECILHOS E ACREDITAR NO CERTO ATÉ O FIM!
  • 12. QUE A FORÇA DA VERDADE AINDA VALE DO JEITO QUE VALIA LÁ DE ONDE EU VIM! POIS TEMO QUE MEU FILHO, UM DIA FALE: VERDADES MUDAM, PAI, NÃO É ASSIM!
  • 13. TENTEI FALAR DO AMOR E DO RESPEITO; DO TEMPO EM QUE SE AMAVA UMA VEZ SÓ; DISSERAM QUE EU REVISSE OS MEUS CONCEITOS POIS TUDO O QUE ESTÁ VELHO VIRA PÓ.
  • 14. VEJO MENINAS MOÇAS SE VENDENDO, JÁ CEGAS PELO BRILHO DOS ANÉIS! CASAMENTOS DE AMIGOS SE PERDENDO JOGADOS PELO RALO DOS MOTÉIS!
  • 15. NÃO DEIXA, PAI, QUE CAIAM OS PILARES! OS POUCOS QUE AINDA ESTÃO DE PÉ; LÁ FORA, A DROGA RONDA NOSSOS LARES; E EU VIM AQUI PRA NÃO PERDER A FÉ!
  • 16. ME AJUDA PAI! QUERO CRIAR MEUS FILHOS DO JEITO QUE MEU PAI CRIOU A MIM! ME ENSINA A VENCER TANTOS EMPECILHOS E ACREDITAR NO CERTO ATÉ O FIM!
  • 17. POIS TEMO QUE MEU FILHO, UM DIA FALE: VERDADES MUDAM, PAI, NÃO É ASSIM! QUE A FORÇA DA VERDADE AINDA VALE DO JEITO QUE VALIA LÁ DE ONDE EU VIM!
  • 18. Formatação: Anildo Camargo
  • 19.  

×