MACAU VELHOS CONHECIDOS DE ROUPA NOVA

2,081 views
1,935 views

Published on

MACAU VELHOS CONHECIDOS DE ROUPA NOVA

Published in: Spiritual, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,081
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

MACAU VELHOS CONHECIDOS DE ROUPA NOVA

  1. 1. Macau
  2. 2. Ruínas da Igreja Madre de Deus e do Colégio São Paulo
  3. 3. Mirante por detrás da fachada. A construção foi destruída por um incêndio em 1835, restou só a fachada, que se tornou o símbolo da Cidade
  4. 4. A construção da Igreja iniciou em 1602, projetado por um arquiteto Italiano e obra executado por Japoneses
  5. 5. Fortaleza do Monte – construção iniciou em 1617 pelos jesuítas Foto:Nic o
  6. 6. Uma inscrição na entrada da Fortaleza do Monte, que marca a soberania Portuguesa da outrora Foto: Nico
  7. 7. Museu de Macau na Fortaleza do Monte
  8. 8. Museu de Macau – inaugurado em 18 de Abril 1988, cujo conteúdo testemunha a História do Território desde a época pré-histórica, do seu desenvolvimento e das suas tradições até o dia de hoje.
  9. 9. Templo NaTcha – pequeno templo fundado em 1888. Situa-se no lado direito das Ruínas de S. Paulo; um claro sinal de sincretismo, que felizmente reina no Território.
  10. 10. Casa Garden, construída em 1770, convertida em Museu de Camões em 1885. Hoje é sede da Fundação Oriente
  11. 11. Hospital S. Rafael - fundado em 1569. Hoje é o Consulado Geral de Portugal em RAEM. O único lugar com Bandeira Portuguesa no alto.
  12. 12. Igreja da Sé Catedral no Paço Episcopal Foto: Nico
  13. 13. Igreja de S. Domingos - construída no início do Sec. XVII Igreja de S. Domingos - construída no início do Séc. XVII .dominicanospelos frades Foto: Nico
  14. 14. Altar na Igreja de S. Domingos
  15. 15. Santa Casa da Misericórdia - fundada pelo primeiro bispo de Macau, D. Belchior Carneiro em 1568, para fins filantrópicos.
  16. 16. Charmoso beco ao lado da Santa Casa da Misericórdia
  17. 17. Edifício do Correios e Telégrafos - construção iniciou em 1878 e terminou em 1929 Carrilhões no topo da torre tocam a cada trinta minutos
  18. 18. Largo do Leal Senado – com construções de estilo europeu e calçamento em pedra portuguesa.
  19. 19. Leal Senado – a estrutura original foi construída em 1784, a reconstrução ocorreu em 1874 Foto: Nico
  20. 20. Edifício Ritz no Largo do Leal Senado Foto:Nico
  21. 21. Largo do Leal Senado
  22. 22. Teatro D. Pedro V, datada 1860 – onde se realizavam grandes festas até que foi forçada a fechar suas portas durante 20 anos por uma infestação de térmitas. Depois das demoradas restaurações, reabriu finalmente em 1993. - Largo de Stº Agostinho Foto:Nico
  23. 23. Biblioteca Chinesa Sir Robert Ho Tung ( inaugurada em 1954 ) – prédio construído em 1894, adquirido por Sir R. Ho Tung para moradia em 1918. Sir Ho determinou a doação do imóvel ao governo após a sua morte em 1955 para fins culturais. Foto:Nic o
  24. 24. Igreja de S. José - construída em 1758 pelos jesuítas – Rua do Seminário Foto: Nico
  25. 25. Altar cúpula na Igreja S. José Foto:Nico
  26. 26. Igreja de S. Lourenço – construída pelos jesuítas em meados do Séc. XVI
  27. 27. Capela Nª Srª da Penha na Colina da Penha, erguida em 1622, passou por várias reformas, a última em 1835 Foto: Nico
  28. 28. Palácio de Santa Sancha – construção datada 1846, passou por diversos proprietários até que foi adquirido definitivamente pelo Governo em 1926.
  29. 29. Palácio do Governo - construído em 1849 pelo Visconde de Cercal, em 1881 foi comprado por Governo Português para servir como sede do governo até 1999. Hoje é sede do Governo da RAEM
  30. 30. Quartel dos Mouros - construído em 1871 para acomodar a Polícia Indiana, comissionada para servir em Macau. Hoje abriga a Capitania dos Portos – Calçada da Barra Foto:Nico
  31. 31. Templo de A-Má – fundado em Séc. XV, anterior ao estabelecimento da cidade de Macau, pelos pescadores locais em homenagem à Deusa A-Má, Protetora dos pescadores. Foto:Nico
  32. 32. Templo de A-Má – situado na Baía de A-Má-Gau, que segundo as lendas, teria originado o nome da Cidade de Macau
  33. 33. Fortaleza da Guia com a Capela da Nª Srª da Guia e o Farol, que é o primeiro e o mais antigo farol do Extremo Oriente.
  34. 34. Mansão de estilo colonial em Tap Seac
  35. 35. O edifício abrigou no início do séc.XX um orfanato, e pouco depois, passou a ser o Liceu Nacional Infante D. Henrique até os anos 50. Daí, funcionou durante décadas como posto de Saúde Pública antes de transformar em Instituto Cultural na Praça do Tap Seac Foto:Nico
  36. 36. Antigo Clube Militar – construído em 1870 – Av. Praia Grande
  37. 37. Ton Sin Tong ( Casa de Solidariedade ) durante décadas, serviu como posto de saúde da medicina chinesa, gratuito para a população pobre. O proprietário era o ricaço Kou Hening, que era também dono da Casa de Penhores Tak Seng On, que se tornou hoje Museu do tradicional comércio - Rua Camilo Passanha Fotos:Nico
  38. 38. Restaurante Fat Siu Lau, inaugurado em 1903 – quem não se lembra do seu famoso prato, o “Shek Ki Pombo de leite assado”, predileto de muitos. - Rua da Felicidade
  39. 39. Rua da Felicidade – conhecido como “ red light district ” da outrora. Foto:Nico
  40. 40. Casas-Museu da Taipa – eram residências dos funcionários da Administração Pública. Foto:Nico
  41. 41. Taipa – Igreja da N. Srª do Carmo, de estilo neo-clássico, construída em 1885, em frente à Biblioteca Pública
  42. 42. Calçada na vila de Coloane – pavimentação da técnica tipicamente Portuguesa
  43. 43. Coloane – Praia Cheoc Van na costa sul da ilha
  44. 44. Coloane - Praia de Hac-Sá (Areia Preta ) na costa oeste da ilha
  45. 45. Portas do Cerco – o pórtico foi erguido pelo Governo Português em 1871, É posto fronteiriço de Macau para China continental.
  46. 46. Os nossos saudosos e velhos conhecidos estão todos de roupa nova. O Rickshaw – talvez seja uma das pouquíssimas coisas que ainda não mudou de figurino Música: La Campanella – Violin Concert nº 2 de Niccolò Paganini CM

×