BRANCO PRETO -PRETO BRANCO

1,115 views
605 views

Published on

BRANCO PRETO-PRETO BRANCO

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,115
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
23
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BRANCO PRETO -PRETO BRANCO

  1. 1. Branco e preto, preto e branco Música – Richard Clayderman & Francis Goya LhT Elaborado em Junho/2006 Revisado em Junho/2007
  2. 2. Ontem
  3. 3. <ul><li>Soltando os últimos suspiros de dor </li></ul><ul><li>No horizonte o sol declina agonizante. </li></ul><ul><li>Seus tênues raios se extinguem na escuridão. </li></ul><ul><li>O céu começa a derramar suas lágrimas. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Caminho a esmo pelas ruas sem vida </li></ul><ul><li>Carregando no coração o peso da desilusão. </li></ul><ul><li>Pior do que morrer é sofrer sem amor. </li></ul><ul><li>Para que renascer se a vida é sofrer? </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Meus sentimentos oscilam como pêndulo </li></ul><ul><li>Sem equilíbrio e em desarmonia. </li></ul><ul><li>Estou mais para lá do que para cá </li></ul><ul><li>Cheio de desejos, sonhos e angústias. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Esta vida sem vida, não consigo aceitar </li></ul><ul><li>Acorrentado nos pensamentos fico. </li></ul><ul><li>Quero desfrutar cada momento, não consigo </li></ul><ul><li>Perdido no deserto estou. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Minha razão de existir se vai </li></ul><ul><li>Sinto frio até em tardes quentes de verão </li></ul><ul><li>Sou um navio a deriva sem leme </li></ul><ul><li>Querendo em porto seguro aportar </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Bebo tentando a minha dor afogar </li></ul><ul><li>Para esta angústia sem fim espantar, </li></ul><ul><li>Que em vez da tempestade amainar </li></ul><ul><li>As doces e amargas memórias se agitam. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Na negritude da noite do meu ser, </li></ul><ul><li>Na tristeza e silencio do anoitecer, </li></ul><ul><li>A lua surge serena e amorosa querendo iluminar </li></ul><ul><li>Minha alma e renovar a esperança que se esvai. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Gostaria que nunca tivesse nascido. </li></ul><ul><li>Por que tanta dor e sofrimento? </li></ul><ul><li>Por que tanta ansiedade e frustração? </li></ul><ul><li>Por que tanta solidão e separação? </li></ul><ul><li>Por que, por que a vida é assim? </li></ul>
  11. 11. Hoje
  12. 12. <ul><li>Ontem meu mundo estava destruído </li></ul><ul><li>Sem esperanças de um melhor porvir. </li></ul><ul><li>Hoje o sol recomeça a brilhar </li></ul><ul><li>Iluminando a rota de novos horizontes. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Nada é eterno ou dura para sempre </li></ul><ul><li>Superamos a infelicidade por maior que seja, </li></ul><ul><li>Entre tempestades e calmarias </li></ul><ul><li>Vamos navegando no oceano da vida . </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Assim como os momentos de dor e infelicidade, </li></ul><ul><li>Momentos de felicidade e alegria também passarão. </li></ul><ul><li>Nessa alternância entre bons e maus momentos, </li></ul><ul><li>Vivemos na esperança de chegar à plenitude. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Os vales existem porque existem os picos. </li></ul><ul><li>A morte existe porque a vida existe. </li></ul><ul><li>O mundo existe devido às dualidades, </li></ul><ul><li>A alternância é a essência da vida. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Aceite a tristeza, a dor e a infelicidade, </li></ul><ul><li>Sem a dor não haverá o prazer, </li></ul><ul><li>Sem tristeza não haverá a alegria, </li></ul><ul><li>Não condene a lama, da lama nasce o lótus. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Assim como da lama nasce o lótus, </li></ul><ul><li>Do sofrimento nasce a nossa temperança. </li></ul><ul><li>Com o sofrimento amadurecemos </li></ul><ul><li>Tornando o nosso ser mais valioso. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Assim, procure sempre se lembrar </li></ul><ul><li>Na infelicidade ou na felicidade, </li></ul><ul><li>Na dor ou prazer, na tristeza ou alegria, </li></ul><ul><li>Isso também passará, alias tudo passará. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Reconstruir o passado é impossível, </li></ul><ul><li>Restando apenas experiências e lembranças. </li></ul><ul><li>O futuro está distante, nunca chegará </li></ul><ul><li>É só expectativa e esperança. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Vivenciar cada momento é preciso </li></ul><ul><li>Para seguir sem arrependimento ou lamento. </li></ul><ul><li>O momento presente é a única realidade </li></ul><ul><li>É onde a vida acontece. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Aceitando a vida como ela é, devemos viver </li></ul><ul><li>Abandonando as memórias psicológicas. </li></ul><ul><li>Desfrutando cada momento </li></ul><ul><li>Como se fossem os últimos </li></ul><ul><li>Desta vida efêmera e de dualidade. </li></ul>

×