IX ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP - Sábado 10/11 - Campus Vergueiro.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

IX ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP - Sábado 10/11 - Campus Vergueiro.

on

  • 604 views

 

Statistics

Views

Total Views
604
Views on SlideShare
604
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    IX ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP - Sábado 10/11 - Campus Vergueiro. IX ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP - Sábado 10/11 - Campus Vergueiro. Document Transcript

    • Sindicalismo Docente Universitário na América Latina – história e embates políticos na contemporaneidade: 1990-2010. Apoio: CNPq, Uninove e Riaipe 3 IX ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA Universidade Nove de Julho – UNINOVE/SP Emerson MathiasIntrodução História, Uninove, IC em Educação no PPGE/Uninove E-mail emershistoria@hotmail.comDurante os últimos 20 anos ocorreram diversas Eric Ribeiro Ciências Sociais, Uninove, IC em Educação no PPGE/Uninovemudanças nas políticas educacionais em vários E-mail pabloo_eric@hotmail.compaíses na América Latina, não só no ensino básico, Orientador Prof. Dr. Carlos Bauer Programa de Pós-Graduação em Educação da Uninovecomo também no ensino superior. Muitas dessas Co-Orientador Prof. Cássio Diniz“reformas” apresentaram um viés neoliberal, SEE/MG e PPGE/Uninovecaracterizando-se como um ataque as conquistas Metodologiasociais na área no último período. O nosso trabalho Identificamos a metodologia de pesquisa nostem como objetivo investigar a história da marcos de uma abordagem qualitativa,resistência e dos conflitos protagonizados entre os fundamentada no materialismo histórico dialético esindicatos docentes universitários e os seus seus desdobramentos no campo da história social. Arespectivos governos nacionais. pesquisa qualitativa envolve a obtenção de dados descritivos, obtidos no contanto direto do pesquisador com a realidade estudada, enfatizando mais o processo do que o produto e se preocupa em retratar a pesquisa participante. Por isso, além da pesquisa bibliográfica, projetamos entrevistas e pesquisas em fontes primárias obtidas diretamente com as entidades sindicais envolvidas na temática abordada. ConclusãoJustificativa O nosso trabalho ainda se encontra em andamento.O ensino superior na América Latina tem um rico e Contudo, a partir de nossas pesquisas preliminares,longínquo histórico. Suas instituições são seculares observamos a existência de práticas sindicais ee representam de certa forma o papel cultural e políticas por parte dos trabalhadores do ensinoacadêmico introduzido e criado em nosso superior, buscando resistir as ofensivas neoliberaiscontinente. Apesar de seu viés historicamente entre o período de 1990 e 2010. Inclusive algumaselitista, ocorreram muitas transformações no estão ainda em andamento, demonstrando que osperíodo pós-Segunda Guerra Mundial, que embates acerca da temática ainda pautam apossibilitaram vislumbrar uma nova ótica em torno atuação dos mesmos em vários países da Américada educação. A ofensiva neoliberal a partir dos anos Latina. Bibliografia ARNAUT, Alberto. La evolución de los grupos hegemónicos en el SNTE.1980 barrou o desenvolvimento desse processo. A México: CIDE, 1992.lógica da mercantilização e da produtividade BAUER, Carlos. A classe operária vai ao campus: Esboço de históriatornaram-se a tônica nas políticas públicas de vários social, trabalho precário, resistência e ousadia na universidade brasileira contemporânea. São Paulo: Sundermann, 2010.países. Contudo, essa ofensiva não foi consensual BITTAR, Marisa, FERREIRA Jr., Amarílio. Proletarização e sindicalismo deou linear. Deu-se embates políticos entre os professores na ditadura militar (1964-1985). São Paulo: Ed. Pulsar, 2006.trabalhadores da área (por meio de suas entidades) DAL ROSSO, Sadi, Associativismo e sindicalismo em educação: organização e lutas. Brasília: Paralelo 15, 2011.e os governos de cunho neoliberal. Diante disso, GINDIN, Julián. Sindicalismo docente, estado y reforma educativa eninvestigar as resistências contra essas “reformas” América Latina: Um aporte a la discusión desde una perspectiva histórica. Informe final Beca para Estudiantes Universitarios Destacados.torna-se importante para compreender como se Concurso 2001 de Becas y Subsidios para las Ciencias y lasencontra atualmente as universidades latino- Humanidades. Buenos Aires: Fundación Antorchas, 2003.americanas do ponto de vista social e político.