Anatomia de um Sequestro Emocional

7,851 views

Published on

Seminário da disciplina Relações Humanas e Trabalho

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,851
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
219
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Anatomia de um Sequestro Emocional

  1. 1. Nesses momentos, sugerem os indícios, um centro no cérebro límbico proclama uma emergência, recrutando o resto do cérebro para seu plano de emergência. O seqüestro ocorre num instante, disparando essa reação crucial momentos antes de o neocórtex, o cérebro pensante, ter a oportunidade de ver o que está acontecendo, sem ter tempo de decidir se é ou não uma boa idéia.
  2. 2. Nos seres humanos a amígdala é um feixe, em forma de amêndoa, de estruturas interligadas, situado acima do tronco cerebral, perto da parte inferior do anel límbico. Há duas amígdalas, uma de cada lado do cérebro, instaladas mais para a lateral da cabeça. A amígdala humana é relativamente grande, em comparação a dos primatas.
  3. 3. Os sinais que vêm dos sentidos permitem que a amígdala faça uma varredura de toda experiência, em busca de problemas. Isso lhe dá um papel privilegiado na vida mental, algo semelhante a uma sentinela psicológica, desafiando cada situação, cada percepção, com apenas um tipo de pergunta em mente: “É algo que odeio? Isso me fere? Algo que temo?”
  4. 4.  Quando soa um alarme, digamos, de medo, ela envia mensagens urgentes às principais partes do cérebro: dispara a secreção dos hormônios orgânicos para lutar ou fugir, mobiliza os centros de movimento e ativa o sistema cardiovascular, os músculos e os intestinos.  Outros circuitos da amígdala enviam sinais para a secreção de gotas de emergência do hormônio noradrenalina, para aumentar a reatividade das principais áreas cerebrais, incluindo as que tornam os sentidos mais alertas, na verdade deixando o cérebro de prontidão.
  5. 5. http://www.youtube.com/watch?v=bL6RrHNH2L0 Vídeo 1
  6. 6. A posição privilegiada da amígdala. Compreensão da vida emocional Caminhos percorridos pelas emoções
  7. 7. http://www.youtube.com/watch?v=fW1pi9LIRFU Vídeo 2
  8. 8.  Memória de Contexto;  Recorda fatos puros;  Crucial no reconhecimento das características;  Reações Emocionais;  Recorda fatos emocionais;  Crucial no reconhecimento do gostar;  Trabalha com estímulos , quanto maior o estímulo maior o registro de informações.
  9. 9. Os problema da associação. Da onde vem as explosões emocionais? A imprecisão do cérebro emocional;
  10. 10. Rota de emergência; Extinto de sobrevivência; Imprecisão. “não é necessário que saibamos exatamente o que uma coisa é para que saibamos que ela pode ser perigosa”
  11. 11. http://www.youtube.com/watch?v=ZyMynXYDGfM Vídeo 3
  12. 12.  Amígdala: reação ansiosa e impulsiva;  Córtex pré-frontal: controla o sentimento;  Neocórtex: organiza uma reação;  Lobos pré-frontais: planeja e organiza as ações;  Lobos pré-frontais direitos: sentimentos negativos;  Lobos pré-frontais esquerdos: inibe o lobo direito. Esses rudimentares erros baseiam-se no sentimento anterior ao pensamento. LeDoux chama isso de “emoção precognitiva”
  13. 13.  Memória funcional;  Lobos pré-frontais: indicam sinais de forte emoção (ansiedade, raiva e afins) sabotando a capacidade de manter a memória funcional; A contínua perturbação emocional cria uma deficiência no funcionamento do córtex-frontal. Indicações como essa levam o Dr. Damasio à posição antiintuitiva de que os sentimentos são geralmente indispensáveis nas decisões racionais; põem-nos na direção, onde a lógica fria pode então ser de melhor uso. Enquanto o mundo muitas vezes nos põe diante de uma gama difícil de opções.
  14. 14. Nossas reações são definidas através de nossas emoções, onde nem sempre sabemos exatamente o que uma coisa é para que saibamos que ela pode ser perigosa, cometendo algumas vezes erros. Os sentimentos são indispensáveis na hora de tomar decisões, portanto, as emoções são importantes para a racionalização. Apesar da evolução da raça humana, as nossas emoções e memórias ainda são regidas pelos instintos de sobrevivência que foram primordiais para a preservação de nossa espécie. “Duas coisas instruem o homem, qualquer que seja a sua natureza: o instinto e a experiência.” Blaise Pascal 1623 - 1662
  15. 15. Qual é a importância da amígdala cortical? a) A amígdala cortical funciona como um depósito da memória emocional e, portanto, do próprio significado. b) O que está ligado à amígdala é mais que afeição, qualquer paixão depende dela. c) Sem amígdala não há lágrimas para aliviar um sofrimento. d) Somente as alternativas a e b estão corretas. e) As três primeiras alternativas estão corretas.
  16. 16. Qual é o resultado das nossas ações se a Amígdala for retirada do cérebro? a) Lembranças emocionais carregadas, que têm o poder de provocar uma reação de crise b) Perda da memória c) Incapacidade de avaliar o significado dos fatos d) Maior facilidade para irritar-se e) QI acima da média, mas fraco desempenho
  17. 17.  GEROLAMO, Mateus Cecílio. Inteligência Emocional. 2004. 15 f. Seminário - Curso de Sgs 5900 – Técnica de Apresentação de Seminários, Departamento de Geotecnia, Escola de Engenharia de São Carlos da USP, São Carlos, 2004. Disponível em: <http://www.eesc.usp.br/sgs/semin2004a/Seminario %20Inteligencia%20Emocional.ppt.>. Acesso em: 05 out. 2010.  GOLEMAN, Daniel. Anatomia de um Sequestro Emocional. In: Inteligência Emocional. 20ª Rio de Janeiro: Objetiva, 1995. Cap. 2, p. 27-42.  LEDOUX, Joseph. LeDoux Laboratory. Disponível em: <http://www.cns.nyu.edu/home/ledoux/Ledouxlab.h tml>. Acesso em: 10 out. 2010.

×