• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Depósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos
 

Depósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos

on

  • 1,566 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,566
Views on SlideShare
1,566
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
10
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Depósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos Depósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos Document Transcript

    • Centro Técnico de Educação Profissional Curso Técnico em MineraçãoDepósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos Trabalho apresentado pelo aluno Thiago de Meira Rezende ao Professor Márcio Greick, da disciplina Pesquisa Mineral. Miraí – MG Fevereiro - 2012
    • Vulcanismo O vulcanismo corresponde a um fenômeno natural geológico provocado pelalava que se encontra acumulada e é expelida do interior da Terra em direção àsuperfície. Tal processo se desenvolve somente pelo fato de ocorrer uma enormepressão oriunda do manto, uma das camadas da Terra, forte o bastante para ocasionar aruptura das camadas de rochas da crosta terrestre, desencadeando o vulcanismo. O material magmático expelido para a superfície é responsável pela formação dorelevo vulcânico. Os materiais oriundos do interior da Terra podem ser encontrados emtrês estados: sólido, líquido e gasoso. É importante ressaltar que o vulcanismo,juntamente com o tectonismo e os abalos sísmicos, compreende agentes internosmodeladores do relevo. O fenômeno acontece na maioria das vezes em locais onde há encontro de placastectônicas. O material magmático vem à superfície em forma de lava, a mesma abrangegrande área ao redor. O vulcanismo como agente modelador do relevo é responsávelpelo surgimento das montanhas e dos planaltos. Na formação de montanhas, toda a lavaque é emitida vai sendo armazenada nas proximidades de onde sai todo o materialmagmático. Desse modo, após vários processos dessa natureza, a montanha éconstituída. Já a formação dos planaltos a partir do fenômeno do vulcanismo ocorre a partirde lavas que são expelidas através de fendas dispostas na crosta e logo se dispersam aolongo da superfície. Ao ser resfriada, a lava se transforma em rochas de origemmagmáticas. Portanto, o vulcanismo é utilizado para designar uma série de fenômenos eelementos vulcânicos. Sabendo-se que a ciência que tem como objetivo estudar ofenômeno e também o comportamento dos vulcões é a vulcanologia, sendo que oprofissional que a executa é chamado de vulcanólogo.
    • Depósitos Vulcanogênicos e Depósitos Plutogênicos Sua formação está diretamente ligada a qualquer tipo de manifestação vulcânica,constituindo depósitos minerais riquíssimos que são formados através da ação deagentes vulcânicos, ou seja, são formados por processos diretamente ligados aovulcanismo ao qual surgem as rochas ígneas, magmáticas ou eruptivas. A formação das rochas citadas acima vêm do resultado da consolidação devidaao resfriamento do magma derretido ou parcialmente derretido. Elas podem serformadas com ou sem a cristalização, ou acima da superfície como rochas extrusivas,Vulcânicas, ou abaixo da superfície como rochas intrusivas, Plutônicas. As rochas extrusivas, vulcânicas ou efusivas, são formadas a partir doresfriamento do material expelido pelas erupções vulcânicas. A consolidação do magmaacontece na superfície da crosta. O resfriamento é rápido, o que faz com que as rochasapresentem material vítreo, ou seja, uma textura que não apresenta cristais observáveis aolho nu ou até mesmo uma textura hemicristalina, ou seja, apresenta alguns cristais noseio de uma massa amorfa. Podemos mencionar o Basalto. As rochas intrusivas, plutônicas ou abissais, são formadas a partir doresfriamento do magma no interior da crosta, nas partes profundas da litosfera, semcontato com a superfície. Sendo que o resfriamento é lento e ocorre a cristalização detodos os seus minerais, apresentando então uma textura holocristalina, ou seja,apresenta grande número de cristais observáveis a olho nu. Sendo que os minerais que aconstituem possuem uma boa formação e um tamanho considerável. Podemosmencionar o Granito.Basalto Granito
    • Itens pesquisados:  Formação  Mineração  Minerais Minério  Forma de pesquisa utilizada na época Formação - Basalto As lavas vulcânicas, compostas pelo magma, ao esparramar-se pela superfíciesofre um resfriamento muito brusco pela diferença entre a temperatura em que ele seencontrava no interior e que existe na superfície. O Magma ao sofrer esse resfriamentoendurece, dando origem a uma rocha de cor escura, cinza ou esverdeada, pesada eresistente, denominada Basalto. O mesmo possui alguns cristais desenvolvidos sobre amassa compacta. Esta massa não pode ser estudada a olho nu nem à lupa, porque éconstituída por cristais microscópicos. E o seu estudo se dá mediante ao microscópio deluz polarizada, usando ampliações elevadas. Apresenta textura de grãos finos, afanítica, isto é, os cristais não são vistos àvista desarmada, podendo ter material vítreo em pequena quantidade, material amorfo.O magma que deu origem aos Basaltos é anidro, desta forma é raro encontrar mineraishidratados. Esta rocha é constituída principalmente de plagioclásio e piroxênio e, em muitoscasos, de olivina. A lava consolida à superfície, sendo o seu arrefecimento muito rápido devido àsbaixas temperaturas da superfície da crosta e, consequentemente, os minerais queconstituem as rochas não têm tempo para formar grandes cristais. Quanto maior for o tempo de arrefecimento, maior será a quantidade de mineraise o seu tamanho. Os Basaltos constituem a rocha mais abundante na crosta, pois é o formador dacrosta oceânica, além de ocorrer como grandes derrames sobre os continentes. A rocha do basalto, referida como rocha basáltica, apresenta cor escuraconhecida tecnicamente como rocha máfica. O Basalto é uma rocha de extrema importância mundial, sendo utilizada naconstrução civil.
    • Mineração Em Nova Prata, Capital Nacional do Basalto, interior do Rio Grande do Sul, estálocalizada a Mineração Pratense. Desde a sua fundação em 1965, vem investindocontinuamente em pesquisas geológicas e no aprimoramento de técnicas de produçãoindustrial para gerar soluções diferenciadas na aplicação de Basalto. Com um parque fabril de 3.200 m quadrados de área construída em um terrenode 16.000 m quadrados são beneficiados mensalmente, mais 6.000 m quadrados deBasaltos extraídos de 8 jazidas próprias em operação. Centro de vendas e transporte próprio, mão-de-obra especializada de aplicação,equipamentos modernos e diversificados e com uma equipe de técnicos de mais altaqualificação fazem da Mineração Pratense uma empresa pioneira, moderna, dinâmica ecompetitiva.
    • Minerais Minério – Basalto O Basalto é composto de diferentes minerais, como a augita, a magnetita, ahematita, a apatita, quartzo, cálcio e ferro. Alguns minerais como potássio e titânio sãoencontrados em pequenas proporções. Em sua composição, o basalto é constituído de plagioclásico, piroxênio e emalguns casos por olivina. Formação - Granito O Granito, rocha plutônica ou intrusiva, é formada devido à lenta cristalizaçãode um magma em profundidade, ou seja, são formadas em condições de confinamento,em regiões profundas da crosta terrestre. Como, em geral, o seu arrefecimento é lento,ocorre a cristalização de todos os seus minerais. Normalmente estas rochas apresentamuma estrutura maciça e são granulares, com textura granulosa, ocupando grandesespaços. Estas condições permitem o crescimento dos cristais que podem chegar acentímetros de tamanho. Possuem minerais que podem ser individualizados ereconhecidos a olho nu, sem auxílio de aparelhos. Os Granitos estão relacionados a corpos ígneos, os chamados batólitos, que sãocorpos plutônicos de grande dimensão e forma irregular. Solidificados eles formam osgranitos, cujas rochas são formadas principalmente pelos minerais Quartzo, Feldspato eMica. A sua textura tipicamente granulada é formada pela granulometria e peladistribuição dos cristais da rocha. Por se terem diversas variantes no processo deformação do Granito, cada peça se torna única.
    • Ocorre mediante a diversas cores como preto, cinza claro e cinza escuro,amarelo, rosa ou vermelho. A variação de cor provem normalmente da cor dosfeldspatos que é o mineral mais frequente nos granitos. Os mesmos podem ser utilizados na construção civil e em ornamentos. Mineração A empresa Nova Aurora Granitos conta com a grande experiência ecompromisso com a qualidade para atuar na extração, comercialização e exportação deGranitos. A empresa foi fundada em 1988, sendo localizada na cidade de Cachoeiro doItapemerim – Espírito Santo e na região de Medina – Minas Gerais. Atualmente amesma tem capacidade de fornecer onze exclusivos tipos de Granitos provenientes dejazidas próprias produzindo 22.000 m quadrados por mês. Consciente da necessidade de manter a alta qualidade que o atual mercadoconsumidor exige, a Nova Aurora investe continuamente na capacitação de seuscolaboradores, na atualização de equipamentos e na preservação do meio ambiente. A nova Aurora extrai e comercializa granitos provenientes de diversas jazidaspróprias localizadas no Espírito Santo e Minas Gerais.
    • Minerais Minério – Granito O Granito é uma rocha de grão fino, médio ou grosseiro, compostaessencialmente por quartzo e feldspatos, tendo como minerais acessórios mica e zircão. Nas jazidas são utilizados marteletes de pressão e fios diamantados para aextração dos blocos de granito. Processos rápidos e seguros com maior aproveitamento.Sendo este tipo de extração além de mais eficiente é amigável ao meio ambiente. Forma de Pesquisa utilizada A mineração é uma atividade cara e complexa. Tem início com a localização dejazidas minerais cuja produção provável venha compensar os custos de extração. O Objetivo do estudo foi conhecer detalhadamente o setor de extração deBasalto e Granito, no município de Nova Prata, nordeste do Rio Grande do Sul, e nomunicípio de Cachoeiro de Itapemerim, no Espírito Santo, respectivamente, visando ouniverso referente à forma de pesquisa utilizada ou adotada pelas empresas MineraçãoPratense e Mineração Nova Aurora mediante aos trabalhos de prospecção mineral. Para calcular as reservas de uma jazida, ou seja, a quantidade de um minériodisponível, a empresa, na época, organizou mapas geológicos simples de superfície esubsolo, por meio de sondagens, galerias e trincheiras, com o intuito de relatar ascondições geofísicas da região. Sendo que a coleta das amostras ( amostragem )permitiu a dosagem dos teores do elemento ( s ) e sua distribuição na superfície e emprofundidade. No início da fundação da Mineração Pratense e Mineração Nova Aurora, aspesquisas eram mais complicadas e simples, pois não existiam equipamentossofisticados para a realização desses cálculos.
    • Referências BibliográficasSites Consultados:http://www.novaurora.com.br/jazidas.phphttp://www.novaurora.com.br/processo-producao.phphttp://www.marbrasa.com.br/jazidas.htmhttp://www.scielo.br/pdf/rem/v60n4/a11v60n4.pdfhttp://www.revistaocarreteiro.com.br/modules/revista.php?recid=440&edid=42http://drifte.rc.unesp.br/revistageociencias/29_1/Art%2002_Petrakis.pdf 33http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=565&class=21http://www.slideshare.net/BibliotecaRoque/basalto-5718152http://www.slideshare.net/ceama/minerais-e-rochashttp://carlos.franquinho.info/2008/01/granito-formacao-constituicao-transformacao/http://www.cientic.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=199:vulcanologia&catid=20:diversidade-na-biosfera&Itemid=87http://www.cprm.gov.br/publique/media/cap_VII_b.pdf