Your SlideShare is downloading. ×
0
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Trabalho adm gerencial seminario seg-trab
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Trabalho adm gerencial seminario seg-trab

303

Published on

Trabalho Adm Gerencial-Seminario

Trabalho Adm Gerencial-Seminario

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
303
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ – UFPA FACULDADE DE ENGENHARIA DE TUCURUÍ ENGENHARIA ELÉTRICA ADMINISTRAÇÃO GERENCIAL IMPACTOS FINANCEIROS DO ACIDENTE DE TRABALHOEUDES DE J C DAMASCENO - 09134002518GILENO AMËRICO PINTO - 07134001818GILSON VIANA CORRÊA - 07134001018
  • 2. Introdução:Entende-se que para a sustentação e viabilidade de uma empresa é necessário umconjunto de sólidas medidas preventivas de acidentes de trabalho, uma vez queestes podem, em última instância, inviabilizar a empresa.Desta forma procura-se com este mostrar a importancia das medidasadminsitrativas e gestoras que fazem com que estas ocorrencias sejam aomaximo minimizadas.
  • 3. Acidente de TrabalhoDe acordo com o artigo 19 da lei 8.213, publicada em 24 de julho de 1991,"acidente de trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço daempresa, ou pelo exercício do trabalho do segurado especial, provocandolesão corporal ou perturbação funcional, de caráter temporário ou permanente".Essa lesão pode provocar a morte, perda ou redução da capacidade para otrabalho. A lesão pode ser caracterizada apenas pela redução da função dedeterminado órgão ou segmento do organismo, como os membros.
  • 4. Classificação Legenda Com lesão Fatal Risco Alto Sem lesão Lesões Graves Risco Médio Acidente típico Lesões com Incapacidade Risco Baixo Afastamentopermanente total Incapacidade Lesões sempermanente parcial Afastamento Acidente com morte Acidentes sem De trajeto Lesões Acidente fora do local e Atos inseguros eda hora do trabalho Condições Ambientes de Com perda de materiais insegurança
  • 5. Doença OcupacionalA Doença Profissional é amodificação na saúde dotrabalhador, desencadeada peloexercício da sua atividadeprofissional.A Doença do Trabalho é amodificação na saúde dotrabalhador, desencadeada emfunção de condições especiaisem que o trabalho é realizado ecom ele se relaciona diretamente.
  • 6. Causas• Ato inseguro (atoabaixo do padrão): sãoaqueles que dependem dasações dos homens comofontes causadoras deacidentes. Ex: deixar deusar equipamento deproteção individual, entrarem áreas não permitidas eoperar máquinas sem estarhabilitado.
  • 7. Causas• Condição insegura (condição abaixo do padrão): são as condições físicas no ambiente de trabalho que podem gerar acidentes. Ex: piso escorregadio, ferramentas em mau estado de conservação e iluminação e ventilação inadequadas.
  • 8. Causas• Fator pessoal de insegurança: As pessoas cometem atos inseguros ou criam condições inseguras ou colaboram para que elas continuem existindo, pelo seu modo de agir. Ex: desconhecimento dos riscos de acidentes, treinamento inadequado, excesso de confiança, etc.
  • 9. Consequências Tempo perdido pelo trabalhador acidentado, por outros trabalhadores quesuspendem seu trabalho em razão da curiosidade, da simpatia, da ajuda e deoutras razões; Tempo perdido pelo encarregado e pelos executivos da empresa com a ajudaao trabalhador lesionado, investigação da causa do acidente, manutenção dacontinuidade da produção, seleção e treinamento de outro trabalhador parasubstituir o acidentado, preparação de documentos oficiais do acidente ecomparecimento a audiências nos tribunais, quando o caso requerer; Medicamentos , reparação ou reposição demáquinas/ferramentas/equipamentos; Custos que a empresa tem de arcar conforme sistema de benefícios aos seusempregados; Perda na produtividade do acidentado e com máquinas/equipamentos ociosos; Custo social e da imagem da empresa; Custos judiciais;
  • 10. Impactos dos Acidentes de TrabalhoAcidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício dotrabalho a serviço da empresa ou pelo exercício dotrabalho, provocando lesão corporal ou perturbaçãofuncional que cause a morte, a perda ou redução,permanente ou temporária, da capacidade para otrabalho.
  • 11. Consideram-se acidente do trabalho, as seguintes entidades mórbidas•Doença Profissional – É desencadeada pelo exercício do trabalho peculiara determinada atividade.•Doença do Trabalho – É desencadeada em função de condições especiaisem que o trabalho é realizado e com ele se relacionediretamente.
  • 12. Quanto Custa uma Doença ou um Acidente de Trabalho?Os acidentes ou as doenças profissionais acarretamcustos muito elevados, podendo provocar múltiplosefeitos graves, diretos ou indiretos, na vida dostrabalhadores e de seus familiares.Custos Diretos São: Possível redução na qualidade de trabalho; Despesas médicas e indenizações; Reparação ou substituição de máquinas ou deequipamento danificado; Redução ou paragem temporária de produção; Acréscimo de despesas de formação e de custosadministrativos;
  • 13. Quanto Custa uma Doença ou um Acidente de Trabalho?Custos Indiretos São: A necessidade de substituição do trabalhadoracidentado/doente; A formação e o tempo de adaptação necessáriapara um novo trabalhador; O período de tempo até que um novo trabalhadortenha o mesmo nível de produção do trabalhadoranterior; O tempo dedicado às investigações necessárias,à execução de relatórios e ao preenchimento deformulários; O fato dos acidentes afetarem muitas vezes oscolegas de trabalho, preocupando-os, influenciandonegativamente nas relações de trabalho etc..
  • 14. Quanto Custa uma Doença ou um Acidente de Trabalho?Segundo os dados estatísticos da Fundação COGE, em2010 foram perdidas 558.824 horas em decorrência dosacidentes com lesões.Se compararmos com as 383.360 horas perdidas em2009, obteve – se um aumento de(45,77%).Contudo, este valor continua bastante inferior à (40%) aovalor de 925.984 horas de 2008. Esta quantidade dehoras perdidas em 2010 equivalem ao total de horastrabalhadas durante um ano de uma empresa do porteda ENERGISA BORBOREMA, ELETROACRE, CPFLSANTA CRUZ ou do DME.
  • 15. Horas Perdidas em Decorrência dos Acidentes com Lesões1000000 925984 900000 800000 700000 600000 558824 2008 500000 2009 400000 383360 2010 300000 200000 100000 0 ACIDENTES
  • 16. Custo das Horas PerdidasCalculo do Custo Mínimo Estimado com os acidentadosde 2010, considerando-se às 558.824 horas de trabalhoperdidas, obtemos o seguinte:Custo Mínimo Estimado – CME = 5x(dias perdidos* xsalário médio/dia no setor)CME2010 = 5 x (69.853 x R$ 109,10) = R$ 38.104.811,50**
  • 17. Custo das Horas PerdidasCalculo do Custo Total Estimado – CTE2010 = [50 x(69.853 x R$ 109,10)] na hipótese menosconservadora, considerando-se os acidentes sem perdade tempo e os acidentes com e sem danos materiais, omesmo seria da ordem de R$ 381.048.115,00.O Custo Total Estimado dos acidentes do trabalho comempregados próprios das empresas representaria porexemplo, o investimento necessário para a construção de6 PCHs Pequenas Centrais Hidrelétricas de 30 MWcada, que poderiam atender a uma demanda de cerca de750.000 habitantes.
  • 18. Soluções Propostas Para a Atenuaçãodos Gastos com Acidentes de Trabalho no SEB:
  • 19. 1 - Priorizar ações preventivas nas atividadesque tenham potencial de causar acidentes comconsequências graves (fatais e incapacidade permanentetotal), ainda que eles não tenham ocorrido;2 - Efetuar a análise e monitoramento do seu sistema degestão da segurança e saúde no trabalho;3 - Apuração sistematizada e mais rigorosa dos dadosestatísticos e de ações efetivas para a sua efetivaprevenção.
  • 20. O Impacto da Educação na Segurança - Contratadas
  • 21. Medidas Praticas Para Melhor Controle da Atividade Laboral no SEB•Aprimoramento contínuo no sistema de coleta de dadosestatísticos de acidentes e nos relatórios gerenciais.Identificação e divulgação de práticas bem sucedidas adotadaspor empresas elétricas.•Melhor condição de trabalho e cumprimentos das NR`sEducação continua através de Centros de Treinamentos quefaçam com as normas se tornem familiares e aplicáveis;•Otimizar a fiscalização e cumprimento das normas;Implantação de Cipa e motivação por parte do trabalhador, paraque se veja esta como conquista trabalhista, alem de grandemeio informativo e educacional.
  • 22. FIM

×